EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE SOBRE CLIMATÉRIO E MENOPAUSA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores

  • Matheus Fernandes Carvalho Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Josefa Jamilla Martins Alves Faculdade Alto Oeste Evolução
  • Palmyra Sayonara de Góis Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Marcelino Maia Bessa Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Rodrigo Jácob Moreira de Freitas Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Vaniely Oliveira Ferreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5137

Palavras-chave:

Educação Popular em Saúde. Climatério. Menopausa. Enfermagem.

Resumo

Esse artigo buscou relatar a experiência vivenciada na realização de uma Educação Popular em Saúde (EPS) sobre a temática do climatério e menopausa com as mulheres de uma sala de espera de citologia oncótica em uma Unidade de Saúde da Família do interior do Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo descritivo de abordagem qualitativa, na modalidade de relato de experiência. Este foi proposto pelo componente curricular Estágio Curricular Supervisionado I, do curso de graduação em enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. A experiência foi vivenciada numa Unidade de Saúde da Família de um município do interior do Rio grande do Norte. O público-alvo da intervenção foram os sujeitos, em sua maioria, mulheres, que estavam esperando para realizar o exame citopatológico. A intervenção transcorreu de forma leve e participativa. A importância da educação problematizadora da EPS é exatamente esses contrastes entre ciência e vivência. O processo de promoção, prevenção, cura e reabilitação é também um processo pedagógico, no sentido de que tanto o profissional de saúde quanto o cliente-usuário aprendem e ensinam. A continuidade dessas atividades educativas se faz relevante, considerando assim a sua importância conforme os princípios e diretrizes defendidos pelo SUS.

Biografia do Autor

Matheus Fernandes Carvalho, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeiro. Residente pelo Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Básica EMCM/UFRN E-mail: matheuscarvalho-uzl@hotmail.com.

Josefa Jamilla Martins Alves, Faculdade Alto Oeste Evolução

Enfermeira. Preceptora da Faculdade Alto Oeste Evolução (FACEP).  E-mail: millamartins1@gmail.com

Palmyra Sayonara de Góis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Docente do curso de graduação em Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). E-mail: palmyragois@uern.br

Marcelino Maia Bessa, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Enfermeiro. Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde e Sociedade - PPGSS da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. E-mail: marcelino.maia.18@outlook.com

Rodrigo Jácob Moreira de Freitas, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Enfermeiro. Doutor em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Ceará - PPCCLIS/UECE. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Saúde e Sociedade – PPGSS da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. E-mail: rojmflegal@hotmail.com

Vaniely Oliveira Ferreira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestre em Saúde da Família pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). E-mail: vanielyferreira@uern.br.

Downloads

Publicado

30/04/2022

Como Citar

Carvalho, M. F. ., Alves, J. J. M. ., Góis, P. S. de ., Bessa, M. M. ., Freitas, R. J. M. de ., & Ferreira, V. O. . (2022). EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE SOBRE CLIMATÉRIO E MENOPAUSA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(4), 1358–1368. https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5137