ESTIMULAÇÃO PRECOCE EM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Autores

  • Micaelle Alves Guimarães Faculdade UniBrás
  • João Eduardo Viana Guimarães Faculdade UniBrás

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2641

Palavras-chave:

Síndrome de Down. Criança. Estimulação precoce. Fisioterapia. Desenvolvimento neuropsicomotor.

Resumo

A síndrome de Down, que se caracteriza pela presença de um cromossomo extra nas células, causa alterações físicas e psicomotoras na criança, ocorrendo um atraso no desenvolvimento global. Além de apresentar alterações físicas, a SD pode apresentar alterações no sistema respiratório, cardiopatias congênitas, alterações no sistema hematológico e gastrointestinal. Logo nos primeiros meses de vida, é importante iniciar uma estimulação para que possam adquirir um desenvolvimento melhor, e evitar o atraso. Visto que através da estimulação precoce a criança, pode alcançar movimentos, padrões e habilidade assim como as de uma criança considerada comum. A fisioterapia pode atuar com técnicas e atividades que irão estimular o desenvolvimento neuropsicomotor da criança, minimizando e prevenindo as comorbidades ao qual a síndrome de Down resulta. O estudo a seguir, tem como objetivo realizar uma abordagem das revisões bibliográficas a respeito da estimulação precoce em crianças com síndrome de Down, com enfase da atuação fisioterapêutica.

Biografia do Autor

Micaelle Alves Guimarães, Faculdade UniBrás

Acadêmica do 10º período do Curso de Fisioterapia, Faculdade UniBrás - Unidade Rio Verde. Email: micaelle206@gmail.com.

João Eduardo Viana Guimarães, Faculdade UniBrás

Professor do Curso de Fisioterapia, da Faculdade UniBrás – Unidade Rio Verde. E-mail: jefisio@hotmail.com.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Guimarães, M. A. ., & Guimarães, J. E. V. . (2021). ESTIMULAÇÃO PRECOCE EM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 1047–1054. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2641