SÍNDROME DE BURNOUT: UMA REALIDADE NA PRÁXIS DOCENTE

Autores

  • Denise Coelho Poubel UNIREDENTOR
  • Rafaela Fernandes Martins UNIREDENTOR
  • Matheus Garcia Coelho UNIREDENTOR

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7163

Palavras-chave:

Professor. Escola. Síndrome de Burnout.

Resumo

O presente estudo tem como objetivo explorar questões a respeito da Síndrome de Burnout que se instala no mundo do trabalho docente. Suas principais características, os fatores que contribuem para esse quadro no âmbito escolar, assim como os sintomas, prevenção e sua influência na produtividade do docente. Diante disso, compreender esses fatores auxiliará no tratamento e formas de evitar o Burnout, bem como a busca por uma melhor qualidade de vida e saúde mental do educador. Lembrando que somos seres biopsicossociais, dessa forma, o tratamento é subjetivo e individualizado. Por fim conclusões pertinentes ao referido tema.

Biografia do Autor

Denise Coelho Poubel, UNIREDENTOR

Acadêmica do curso de Psicologia da UNIREDENTOR.E-mail: denisepoubel21@gmail.com.

Rafaela Fernandes Martins, UNIREDENTOR

Acadêmica do curso de Psicologia da UNIREDENTOR.E-mail: rafaelafernandesm@outlook.com.

Matheus Garcia Coelho, UNIREDENTOR

Psicólogo; Docente do curso de Psicologia da UNIREDENTOR. E-mail: matheusgarciacoelho@hotmail.com.

Downloads

Publicado

31/10/2022

Como Citar

Poubel, D. C. ., Martins, R. F. ., & Coelho, M. G. . (2022). SÍNDROME DE BURNOUT: UMA REALIDADE NA PRÁXIS DOCENTE. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 749–761. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7163