DESENVOLVIMENTO INFANTIL DA CRIANÇA INSTITUCIONALIZADA

Autores

  • Rita de Cassia Ramires da Silva Universidade Federal de Alagoas -UFAL
  • Camila Thayná Olivieira dos Santos Universidade Federal de Alagoas -UFAL
  • Milena Alicia da Silva Santos Universidade Federal de Alagoas -UFAL
  • Ana Carolina Santana Vieira Universidade Federal de Alagoas -UFAL
  • Ingrid Martins Leite Lúcio Universidade Federal de Alagoas -UFAL
  • Anne Laura Costa Ferreira Universidade Federal de Alagoas -UFAL
  • Rossana Teotônio de Farias Moreira Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Palavras-chave:

Desenvolvimento infantil. Institucionalização. Saúde da criança.

Resumo

Esta revisão de literatura propõe uma discussão acerca dos impactos positivos e negativos gerados no desenvolvimento psicomotor e social de crianças institucionalizadas, como também sobre a abordagem desse processo. A coleta de dados foi realizada em fevereiro de 2021 nas bases de dados: SciELO e Biblioteca Virtual da Saúde - BIREME, com seleção de 10 artigos, 1 livro e dois documentos brasileiros: O Estatuto da Criança e do Adolescente e o Caderno de atenção básica de Saúde da Criança: Crescimento e Desenvolvimento infantil. Os resultados da busca orientam que as funções do organismo ocorrem de maneira satisfatória, sendo necessários que estímulos ambientais e biológicos se façam presentes.  No entanto, a ausência de alguns desses podem gerar riscos, retardando não só o desenvolvimento, mas o crescimento também. Dentre os fatores, destaca-se o ambiental, que tem na institucionalização, um malefício ao desenvolvimento, mas que pode representar como estímulo positivo, no caso em que o ambiente familiar onde a criança estava exposta não era favorável. Porém, deve-se analisar especificamente o contexto anterior em que a criança se encontrava e o acolhimento que é ofertado, ou não, pelas instituições. Nesse sentido, discute-se ações necessárias voltadas aos funcionários das instituições, de modo a permitir melhores condições de trabalho e redução da rotatividade

Biografia do Autor

Rita de Cassia Ramires da Silva, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Graduanda de Enfermagem pela Escola de Enfermagem, UFAL. E-mail:
rita.silva@esenfar.ufal.br. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5410663959665386.
ORCID iD: https://orcid.org/0000-0002-0503-4299

Camila Thayná Olivieira dos Santos, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Graduanda de Enfermagem pela Escola de Enfermagem, UFAL. Email: camila.thay7@gmail.com. Lattes: http://lattes.cnpq.br/7861905246073264. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-9211-4595

Milena Alicia da Silva Santos, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Graduanda de Enfermagem pela Escola de Enfermagem, UFAL. Email: milenaalicia123@hotmail.com. Lattes: http://lattes.cnpq.br/0084914372105763. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8377-8680.

Ana Carolina Santana Vieira, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Enfermeira. Doutora em Ciências da Saúde, UFAL. Universidade Federal de Alagoas. Professora. Maceió, Alagoas, Brasil. ana.vieira@esenfar.ufal.br. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5611818807124868. ORCID iD:
https://orcid.org/0000-0002-7273-1414.

Ingrid Martins Leite Lúcio, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Enfermeira. Doutora em Enfermagem, UFAL. Universidade Federal de Alagoas. Professora. Maceió, Alagoas, Brasil. E-mail: ingridmll@esenfar.ufal.br. Lattes: http://lattes.cnpq.br/7001867001343851. ORCID iD: https://orcid.org/0000-0003-2738-7527.

Anne Laura Costa Ferreira, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

 Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Professora. Lattes: http://lattes.cnpq.br/2604859525162878. Email: annelaura1@hotmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-6803-3621

Rossana Teotônio de Farias Moreira, Universidade Federal de Alagoas -UFAL

Enfermeira. Doutora em Patologia Ambiental e Experimental, UNIP. Universidade Federal de Alagoas. Professora. Maceió, Alagoas, Brasil. E-mail: rossanateo@hotmail.com. Lattes: http://lattes.cnpq.br/0930200680636809. ORCID iD: https://orcid.org/0000-0002-0881-1997

Downloads

Publicado

17/03/2021

Como Citar

Silva, R. de C. R. da ., Santos, C. T. O. dos, Santos, M. A. da S., Vieira, A. C. S. ., Lúcio, I. M. L. ., Ferreira, A. L. C., & Moreira, R. T. de F. . (2021). DESENVOLVIMENTO INFANTIL DA CRIANÇA INSTITUCIONALIZADA . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 15. Recuperado de https://periodicorease.pro.br/rease/article/view/696

Edição

Seção

E-books

Categorias