FRATURA DE MANDÍBULA: DESCRIÇÃO DO CASO

Autores

  • Thiago Argel Quispe Flores Universidade Brasil
  • Fábio Roberto de Souza Batista Universidade Brasil

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5521

Palavras-chave:

Fratura. Mandíbula. Trauma Maxilofacial.

Resumo

As fraturas maxilofaciais são mais comuns em homens e entre terceira e quinta década, e a etiologia mais frequente são os acidentes automobilístico e motociclístico. Causando fraturas e sequelas mandibulares que são de difícil resolução no campo da cirurgia maxilofacial, seus componentes tornam sua redução não apenas anatômica, mas também funcional. O objetivo deste artigo é realizar a descrição de caso clínico de atendimento a fratura de mandíbula (FM). Com a realização deste trabalho foi possível concluir que Diagnóstico, manejo e tratamento multidisciplinar de fraturas mandibulares é de extrema importância para prevenir o aparecimento de sequelas pós-tratamento cirúrgico com elementos de osteossíntese e entregar expectativas realistas ao paciente em relação ao resultado do tratamento. Confirmando assim a importância do estudo dessa patologia para o desenvolvimento medidas preventivas voltadas para os grupos mais suscetíveis a essa etiologia, bem como no desenvolvimento de técnicas com maiores taxas de sucesso no tratamento das fraturas mandibulares.

Biografia do Autor

Thiago Argel Quispe Flores, Universidade Brasil

Graduando em odontologia pela Universidade Brasil campus de Fernandópolis-SP E-mail: thiagoargel08@gmail.com.

Fábio Roberto de Souza Batista, Universidade Brasil

Docente do curso de odontologia da Universidade Brasil Fernandópolis-SP. Graduado em Odontologia pela FAI- Faculdades Adamantineses Integradas. Residência em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-facial pela UEM – Universidade Estadual de Maringá/PR. Especialista em Cirurgia Buco-maxilo-facial pela UEM/Universidade Estadual de Maringá, CFO/Conselho Federal de Odontologia e CRO/Conselho regional de Odontologia. Mestre em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial pela FOA/UNESP Faculdade de Odontologia de Araçatuba / Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Doutor em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial pela FOA/UNESP Faculdade de Odontologia de Araçatuba / Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. E-mail: fabiorsbatista@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Flores, T. A. Q. ., & Batista, F. R. de S. . (2022). FRATURA DE MANDÍBULA: DESCRIÇÃO DO CASO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 1276–1291. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5521