ESPAÇOS NÃO-FORMAIS NA EDUCAÇÃO

Autores

  • Adriana Lúcia de Arruda Universidade Norte do Paraná
  • Claudiani Aparecida de assunção Almeida Faculdades Integradas de Várzea Grande
  • Ivalleica Ferreira da Costa Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Letícia Adrielle Malaquias de Oliveira Almeida Faculdade Impactos Brasil
  • Ua-Naia Aparecida Luz Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais
  • Vania Valesca Castilho da Silva Santos Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i9.2360

Palavras-chave:

Educação não-formal. Desenvolvimento. Ensinar.

Resumo

O foco deste artigo está relacionado ao pedagogo e sua atuação nos espaços de educação não formal e como coadjuvante das disciplinas na escola. Mais especificamente, atividades extraclasse. Nesse objetivo, esse profissional se apresenta como um orientador e orientador do trabalho, além das paredes físicas de uma escola. A educação não formal, suas práticas e experiências fora da escola foram conceituadas, bem como a promoção do desenvolvimento e socialização dos alunos nesses locais. Este profissional possui especificidades e utiliza diferentes metodologias e em diferentes ambientes. O tema foi escolhido por ser um tema atual e relevante para a formação desse profissional. Este é também o resultado da sua formação e da sua prática pedagógica exercida nestes locais com diferentes contextos. As atividades nesta área da Educação recebem denominações diferentes e podem variar de acordo com a sua natureza, mas têm em comum a sua execução em ambiente não escolar. Ensinar não é uma imposição, pois o ato de ensinar e aprender implica escolha, decisão, responsabilidade. Por fim, existe uma essência no ensino e aprendizagem que esses profissionais devem compreender por meio de sua aprendizagem profissional.

Biografia do Autor

Adriana Lúcia de Arruda, Universidade Norte do Paraná

Graduanda em Pedagogia pela Universidade Norte do Paraná – UNOPAR.

Claudiani Aparecida de assunção Almeida, Faculdades Integradas de Várzea Grande

Graduada em Pedagogia pelas Faculdades Integradas de Várzea Grande  - FIAVEC, Especialista em Alfabetização e Educação Infantil pelas Faculdades Integradas de Várzea Grande  - FIAVEC.

Ivalleica Ferreira da Costa, Universidade do Estado de Mato Grosso

Graduada em Pedagogia pela Faculdade Educacional da Lapa - FAEL, Especialista em Alfabetização pela Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT

Letícia Adrielle Malaquias de Oliveira Almeida, Faculdade Impactos Brasil

Graduada em Pedagogia pela Anhanguera, Especialista em Educação Infantil e Alfabetização pela Faculdade Impactos Brasil – FACIB.

Ua-Naia Aparecida Luz, Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais

Graduada em Administração pelo Centro Universitário UNIVAG, Especialista em Fundamentos daEducação, Didática e Docência do Ensino Superior pelo Centro Univeristário - UNIVAG, Especialista em Psciopedagogia pelo IESMIG  - Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais.

Vania Valesca Castilho da Silva Santos, Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais

Graduada em Pedagogia pela Faculdade INVEST de Ciências e Tecnologias, Especialista em Educação Infantil pelo IESMIG – Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

05/10/2021

Como Citar

Arruda, A. L. de ., Almeida, C. A. de assunção ., Costa, I. F. da ., Almeida, L. A. M. de O. ., Luz, U.-N. A. ., & Santos, V. V. C. da S. . (2021). ESPAÇOS NÃO-FORMAIS NA EDUCAÇÃO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(9), 1370–1380. https://doi.org/10.51891/rease.v7i9.2360

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)