ORÇAMENTO PARTICIPATIVO: UMA ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS MUNÍCIPES DE IGUATU, ICÓ E ORÓS

Autores

  • Naiane Vieira Pedro Universidade Estadual do Ceará
  • Milton Jarbas Rodrigues Chagas Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v10i6.14433

Palavras-chave:

Participação social. Transparência. Democratização. Orçamento Participativo.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar a percepção da população sobre o orçamento participativo nos municípios de Iguatu, Icó e Orós, explorando a eficácia e os desafios desse mecanismo de participação cidadã. Utilizando questionários, coletamos dados que revelaram um conhecimento significativo sobre o orçamento participativo entre os moradores, mas também destacaram áreas de melhoria, especialmente em termos de divulgação e engajamento comunitário. Este estudo contribui para a compreensão do orçamento participativo, destacando a importância de estratégias que promovam maior conscientização, inclusão e comunicação contínua com a comunidade.  

Biografia do Autor

Naiane Vieira Pedro, Universidade Estadual do Ceará

Graduanda em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Ceará - UECE.

Milton Jarbas Rodrigues Chagas, Universidade de Brasília

Doutor em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília - UnB.

Downloads

Publicado

2024-06-06

Como Citar

Pedro, N. V., & Chagas, M. J. R. (2024). ORÇAMENTO PARTICIPATIVO: UMA ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS MUNÍCIPES DE IGUATU, ICÓ E ORÓS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 10(6), 1076–1091. https://doi.org/10.51891/rease.v10i6.14433

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.