OBJETOS DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE SEQUÊNCIAS REPETITIVAS E RECURSIVAS NOS ANOS INICIAIS

Autores

  • Italândia Ferreira de Azevedo Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará
  • Renata Teófilo de Sousa Instituto Federal do Ceará
  • Monaliza de Azevedo Sousa Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
  • Francisco Régis Vieira Alves Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i4.965

Palavras-chave:

Objetos de aprendizagem, Sequências repetitivas e recursivas, Ensino de matemática.

Resumo

O presente trabalho apresenta uma proposta didática para o ensino de Sequências Numéricas nos anos iniciais do Ensino Fundamental, com uso de Objetos de Aprendizagem (OAs). O objetivo é apresentar a utilização de dois Objetos de Aprendizagem que abordam conceitos de sequências repetitivas e recursivas, como forma de auxiliar o planejamento do professor de Matemática dos anos iniciais. A metodologia deste trabalho teve uma abordagem qualitativa do tipo exploratória, em que se realizou um mapeamento de alguns Objetos de Aprendizagem do repositório Mídias Digitais para a Matemática (MDMat) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), devido ao seu livre acesso pela comunidade acadêmica, bem como sua possibilidade de reprodução por outros pesquisadores e professores da Educação Básica. Este repositório apresenta OAs com grande potencial para alavancar o pensamento algébrico dos alunos por meio do desenvolvimento de seu raciocínio lógico e geométrico. Espera-se contribuir com o planejamento docente no que concerne à construção de uma aprendizagem efetiva por meio da implementação de tecnologias digitais no Ensino de Matemática. Pretende-se, a posteriori, investigar outros tipos de OAs e realizar uma formação voltada para professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental na cidade de Fortaleza – CE, buscando validar tais recursos como proposta didática.

Biografia do Autor

Italândia Ferreira de Azevedo, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará

Mestra em Ensino de Matemática pelo Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará (IFCE). Professora da rede estadual de ensino do Ceará – EEEP Joaquim Moreira de Sousa. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4684-5397.

Renata Teófilo de Sousa, Instituto Federal do Ceará

Mestranda em Ensino de Ciências e Matemática – IFCE campus Fortaleza. Especialista em Ensino de Matemática  - UVA, Qualificação em Ensino de Matemática no Estado do Ceará  - UFC. Pós-graduada em Didática e Metodologias Ativas na aprendizagem e MBA em Gestão Escolar - UniAmérica. Professora da Secretaria de Educação Básica do Estado do Ceará – EEEP Professora Lysia Pimentel Gomes Sampaio Sales. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5507-2691

Monaliza de Azevedo Sousa, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA

Graduanda em Pedagogia. Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA.

Francisco Régis Vieira Alves, Universidade Federal do Ceará

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará, Bolsista de produtividade do CNPQ – PQ2. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática do IFCE, Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade Federal do Ceará. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação do Mestrado Profissional em Educação Profissional Tecnológica. Professor titular do IFCE - departamento de Matemática e Física. Líder do Grupo de Pesquisa CNPQ Ensino de Ciências e Matemática. Coordenador acadêmico do Doutorado em rede RENOEN,  polo IFCE. Página pessoal: https://ifce.academia.edu/RegisFrancisco/Journal-Articles. Endereço para correspondência: Avenida Treze de Maio, 2081, 60040-215, Fortaleza, Ceará, Brasil. E-mail: fregis@ifce.edu.br. ORCID: http://orcid.org/0000-0003-3710-156.

Downloads

Publicado

30/04/2021

Como Citar

Azevedo, I. F. de ., Sousa, R. T. de ., Sousa, M. de A., & Alves, F. R. V. . (2021). OBJETOS DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE SEQUÊNCIAS REPETITIVAS E RECURSIVAS NOS ANOS INICIAIS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(4), 271–283. https://doi.org/10.51891/rease.v7i4.965