ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA DE REDUÇÃO DE DANOS, NO BRASIL: OS CICLOS E PROCESSOS DA POLÍTICA PÚBLICA

Autores

  • Márcia Farsura de Oliveira Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga
  • Rovilson Lara Hospital Madre Teresa
  • Fabrícia Martins Coutinho Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga
  • Caroline Silva de Araujo Lima aculdade Dinâmica do Vale do Piranga
  • Ramon Aragão Dutra Neto Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga
  • Pollyanna Álvaro Ferreira Spósito Universidade Federal de Ouro Preto

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i4.9274

Palavras-chave:

Redução do Dano. Política Pública. Humanismo. Integralidade em Saúde.

Resumo

Objetivo: Analisar e observar sobre os conceitos abordados no trabalho intitulado “Agentes de implementação: um olhar para as políticas públicas” - de autoria de Gabriela S. Lotta (2008) – a fase de implementação da Portaria nº 1.028 (de 01 julho de 2005), no Brasil. Métodos: Foi feito um estudo ensaístico, utilizando como critério de análise as discussões propostas no trabalho supracitado, bem como estudos de autores que explicitam sobre as políticas de redução de danos, especialmente no Brasil. Resultados: Observou-se, que o cenário, no qual estão inseridos os usuários no Brasil, precisa ser repensado, de forma que a política de redução de danos seja inserida na sociedade, de maneira, realmente eficaz, a fim de que esses indivíduos sejam cuidados de forma humana. Considerações Finais: Conclui-se que é necessária a efetivação, de forma satisfatória, da política de redução de danos, juntamente aos órgãos governamentais, sociais e de saúde, centrada no olhar aos usuários de forma integral e humanística, para que haja a minimização das intempéries relacionados a esse quadro, como: (i) a prevenção de transmissão do HIV/AIDS e de outras infecções sexualmente transmissíveis (IST) e de situações de violência e (ii) o amparo social frente a algum tipo de segregação. Ademais, é preciso desmistificar o foco da atenção ao cuidado no ato da internação e em ações totalitárias.'

Biografia do Autor

Márcia Farsura de Oliveira, Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga

Médica, Mestrado em Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente (Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga). Orcid:  https://orcid.org/0000-0001-8462-0431. 

Rovilson Lara, Hospital Madre Teresa

Médico, Especialização/Residência médica em Clínica Médica (Hospital Madre Teresa - Belo Horizonte), Orcid:  https://orcid.org/0000-0002-9658-5810. 

Fabrícia Martins Coutinho, Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga

Graduanda de medicina (Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga) Orcid:  https://orcid.org/0000-0001-8078-0649.

Caroline Silva de Araujo Lima, aculdade Dinâmica do Vale do Piranga

Graduanda de medicina (Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga). Orcid:  https://orcid.org/0000-0003-2537-292X. 

Ramon Aragão Dutra Neto, Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga

Graduando de medicina (Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga). Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0385-7678. 

Pollyanna Álvaro Ferreira Spósito, Universidade Federal de Ouro Preto

Doutora em em Ciências Farmacêuticas (Universidade Federal de Ouro Preto). ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0875-6227. 

Downloads

Publicado

2023-04-29

Como Citar

Oliveira, M. F. de, Lara, R., Coutinho, F. M., Lima, C. S. de A., Dutra Neto, R. A., & Spósito, P. Álvaro F. (2023). ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA DE REDUÇÃO DE DANOS, NO BRASIL: OS CICLOS E PROCESSOS DA POLÍTICA PÚBLICA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(4), 874–887. https://doi.org/10.51891/rease.v9i4.9274

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.