RUPTURA ESPLÊNICA ATRAUMÁTICA: UM RELATO DE CASO

Autores

  • Ana Elisa Soares Machado Universidade de Vassouras
  • Aline Gomes Rodrigues Universidade de Vassouras
  • Pedro Paulo dos Santos Castilho Universidade de Vassouras
  • Leonardo Baylão Nigre Universidade de Vassouras

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i2.8623

Palavras-chave:

Atraumática. Esplênica. Ruptura.

Resumo

A ruptura esplênica atraumática é rara e consiste na ruptura do baço sem fatores traumáticos associados. Normalmente o órgão é acometido por outra patologia de base, porém também pode ocorrer em um órgão sem patologias prévias. O prognóstico está relacionado com a rapidez do suporte diagnóstico. Relatamos o caso de um paciente masculino de 23 anos, sem outras comorbidades conhecidas, que evoluiu com ruptura esplênica atraumática com bom desfecho do caso.

Biografia do Autor

Ana Elisa Soares Machado, Universidade de Vassouras

Universidade de Vassouras, Vassouras, RJ.

Aline Gomes Rodrigues, Universidade de Vassouras

Universidade de Vassouras, Vassouras, RJ,

Pedro Paulo dos Santos Castilho, Universidade de Vassouras

Hospital Municipal Luiz Gonzaga, Miguel Pereira, RJ

Leonardo Baylão Nigre, Universidade de Vassouras

Universidade de Vassouras,Vassouras, RJ,

Downloads

Publicado

28/02/2023

Como Citar

Machado, A. E. S. ., Rodrigues, A. G. ., Castilho, P. P. dos S. ., & Nigre, L. B. . (2023). RUPTURA ESPLÊNICA ATRAUMÁTICA: UM RELATO DE CASO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(2), 1284–1289. https://doi.org/10.51891/rease.v9i2.8623