O PAPEL DA POLÍCIA MILITAR NA GARANTIA DA LEI MARIA DA PENHA: TECENDO REFLEXÕES

Autores

  • Luiz Ricardo dos Santos Policial Militar na PMPR

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8050

Palavras-chave:

Polícia Militar. Lei Maria da Penha. Humanização. Políticas Públicas. Segurança Pública.

Resumo

A violência doméstica contra mulheres é um dos malefícios que mais está evidenciado na contemporaneidade, com constantes destaques na imprensa e nas discussões dos poderes políticos constituídos no âmbito da segurança pública, dos direitos humanos, e na garantia de proteção. O presente artigo busca refletir sobre este aspecto a partir do papel de representação da Polícia Militar, geralmente o primeiro contato de pedido de ajuda feito pelas vítimas, na busca por justiça e cumprimento legal. Nesse sentido, o texto permeia sobre a formação do policial acerca do requerido instrumento protetivo, visando uma performance institucional cada vez mais afirmativa, que apresente resultados esperados pelas vítimas. Com o aporte dos referências bibliográficas e metodologia qualitativa de análise referencial, este presente artigo tem como objetivo trazer hipóteses para a análise da aplicabilidade da Lei e seus desafios.

Biografia do Autor

Luiz Ricardo dos Santos, Policial Militar na PMPR

Policial Militar na PMPR. Bacharel em Administração de Empresas e Administração Rural. Especializações em Direito Militar, Direito Ambiental, Gestão de Logística, Gestão Ambiental, Armazenagem de grãos e Segurança Alimentar, Técnico em Segurança do Trabalho. 

Downloads

Publicado

30/12/2022

Como Citar

Santos, L. R. dos . (2022). O PAPEL DA POLÍCIA MILITAR NA GARANTIA DA LEI MARIA DA PENHA: TECENDO REFLEXÕES. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(12), 619–628. https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8050

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>