O PSICÓLOGO DIANTE DO CONTEXTO DOS FAMILIARES ENLUTADOS EM TEMPOS DE COVID-19

Autores

  • Roberta Pinto Figueirêdo Faculdade de Ilhéus – CESUPI
  • Marcos Aurélio Lordão Rocha Faculdade de Ilhéus – CESUPI

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8032

Palavras-chave:

COVID-19. Pandemia. Morte. Luto. Atuação do Psicólogo.

Resumo

A COVID-19 surgiu no ano de 2019 e chegou ao Brasil em 2020 afetando muita gente. Pessoas adoeceram, vidas foram perdidas e alguns não souberam lidar com a perda. Com isso, o devido artigo tem como objetivo analisar como o psicólogo clínico pode ajudar uma pessoa em luto por conta da perda de um familiar pela COVID-19. Seu método está pautado em uma abordagem qualitativa, com o formato hipotético-dedutivo. Foram feitos levantamentos bibliográficos, tendo como base as plataformas Periódico CAPES e o Google Acadêmico. Foram encontrados dois estudos: um sobre a contação de histórias e o outro sobre a cinematerapia. Ambos se mostraram eficazes demonstrando que é possível o psicólogo ajudar uma pessoa em luto pela COVID-19.

Biografia do Autor

Roberta Pinto Figueirêdo, Faculdade de Ilhéus – CESUPI

Graduanda do décimo semestre da Faculdade de Ilhéus – CESUPI. 

Marcos Aurélio Lordão Rocha, Faculdade de Ilhéus – CESUPI

Especialização em Docência do Ensino Superior pela UNICESPI-Brasília-DF (2005). Especialização em Psicologia Humanista-existencial-fenomenológica pela FAVENI. Especialização em Gestalt-terapia clínica pela FASU-UNIGRAD-Itabuna-BA. Graduação em Licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (2001) e graduação em Formação de Psicólogo pela Universidade Federal da Paraíba (2002). 

Downloads

Publicado

30/12/2022

Como Citar

Figueirêdo, R. P. ., & Rocha, M. A. L. . (2022). O PSICÓLOGO DIANTE DO CONTEXTO DOS FAMILIARES ENLUTADOS EM TEMPOS DE COVID-19 . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(12), 186–202. https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8032