UMA ANÁLISE SOBRE AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DESENVOLVIDAS PELOS PROFESSORES PARA SANAR AS DEFASAGENS DOS ALUNOS DOS ANOS INICIAIS NO QUE SE REFERE À ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NO PERÍODO PÓS PANDÊMICO

Autores

  • Alesandra Aparecida Marques Nunes Centro Universitário Newton Paiva
  • Cedina Aparecida Dias Viegas de Castro Centro Universitário Newton Paiva
  • Luciene Cristine Machado do Nascimento Centro Universitário Newton Paiva
  • Rosimeire Matos de Oliveira Centro Universitário Newton Paiva
  • Soraia Martins Vargas Rodrigues Centro Universitário Newton Paiva
  • Marcus Garcia de Sene Centro Universitário Newton Paiva

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.7978

Palavras-chave:

Pandemia. Alfabetização. Letramento. Defasagem de Aprendizado.

Resumo

A pandemia da Covid -19 foi uma crise sanitária ainda sem precedentes conclusivos na história mundial. Neste processo, vários foram os campos sociais diretamente afetados. Um desses campos é a educação que teve de suspender as aulas presenciais e consequentemente fazer a adesão ao ensino remoto. Tal aspecto influi de forma direta no processo de ensino e aprendizagem de crianças, jovens e adultos, o que acaba gerando defasagens no aprendizado de diferentes naturezas. Assim, o presente trabalho tem como objetivo apresentar uma análise sobre as práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores para sanar as defasagens dos alunos nos anos iniciais no tocante à alfabetização e o letramento no retorno as aulas presenciais. Para esta investigação, a metodologia adotada é uma revisão bibliográfica de cunho exploratória em produções nacionais, em abordagens presentes em artigos, livros e na web extraídos da biblioteca de Teses e Dissertação da CAPES, bem como do Google Acadêmico. O trabalho ainda que se debata um fenômeno em curso apresenta como relevante a acentuada defasagem em alunos marcados pelas desigualdades socioeconômicas, em virtude do acesso desigual a internet durante o ensino remoto, a não habilidade cognitiva de pais e responsáveis e a ausência física do professor. Essas questões dificultam o desenvolvimento da alfabetização e do letramento, comprometendo o uso social da leitura e escrita, e o consequente desenvolvimento nas diferentes disciplinas.

Biografia do Autor

Alesandra Aparecida Marques Nunes, Centro Universitário Newton Paiva

Aluna de graduação do curso de Pedagogia do Centro Universitário Newton Paiva. 

Cedina Aparecida Dias Viegas de Castro, Centro Universitário Newton Paiva

Aluna de graduação do curso de Pedagogia do Centro Universitário Newton Paiva. 

Luciene Cristine Machado do Nascimento, Centro Universitário Newton Paiva

Aluna de graduação do curso de Pedagogia do Centro Universitário Newton Paiva. 

Rosimeire Matos de Oliveira, Centro Universitário Newton Paiva

Aluna de graduação do curso de Pedagogia do Centro Universitário Newton Paiva.

Soraia Martins Vargas Rodrigues, Centro Universitário Newton Paiva

Aluna de graduação do curso de Pedagogia do Centro Universitário Newton Paiva. 

Marcus Garcia de Sene, Centro Universitário Newton Paiva

Orientador do curso de Pedagogia do Centro Universitário Newton Paiva. 

Downloads

Publicado

30/12/2022

Como Citar

Nunes, A. A. M. ., Castro, C. A. D. V. de ., Nascimento, L. C. M. do ., Oliveira, R. M. de ., Rodrigues, S. M. V. ., & Sene, M. G. de . (2022). UMA ANÁLISE SOBRE AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DESENVOLVIDAS PELOS PROFESSORES PARA SANAR AS DEFASAGENS DOS ALUNOS DOS ANOS INICIAIS NO QUE SE REFERE À ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NO PERÍODO PÓS PANDÊMICO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(12), 69–87. https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.7978