TÉCNICAS CIRÚRGICAS UTILIZADAS NA FRENECTOMIA LABIAL E LINGUAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Jackline dos Santos Alves Centro Universitário da Amazônia – UNAMA
  • Hanna Luene de Araújo Silva Centro Universitário da Amazônia – UNAMA
  • Rosália da Conceição Moura Centro Universitário da Amazônia – UNAMA

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.7976

Palavras-chave:

Odontologia. Intervenção cirúrgica. Frenectomia.

Resumo

Esse artigo buscou descrever a frenectomia labial e lingual e as principais técnicas mais eficazes e eficientes (no que se refere a diminuição de incômodos ao paciente no pré, trans e pós-operatório). Para tanto foi realizada uma pesquisa de revisão de literatura sobre o tema supracitado, com o propósito de buscar considerações de autores de obras dispostas nas plataformas indexadoras Google Acadêmico, LILACS, SciELO e Pubmed, recuperadas com critérios e descritores específicos. A busca remeteu, por fim, 14 autores. Em conclusão, tem-se que todas as formas atuais de intervenção cirúrgica de frenectomia labial e lingual são eficazes, contudo, a mais aplicada é a convencional, dada a sua simplicidade e econômica. Mas a mais eficiente, por ser mais rápida, mais indolor, proporcionar menos sangramento e um melhor pós-operatório, são as cirurgias feitas com tecnologia a laser.

Biografia do Autor

Jackline dos Santos Alves, Centro Universitário da Amazônia – UNAMA

Graduanda no Curso de Bacharelado do Centro Universitário da Amazônia – UNAMA. 

Hanna Luene de Araújo Silva, Centro Universitário da Amazônia – UNAMA

Graduanda no Curso de Bacharelado do Centro Universitário da Amazônia – UNAMA. 

Rosália da Conceição Moura, Centro Universitário da Amazônia – UNAMA

Orientadora. Espec. em Saúde Pública. Docente no Curso de Bacharelado em Odontologia do Centro Universitário da Amazônia – UNAMA.

Downloads

Publicado

30/12/2022

Como Citar

Alves, J. dos S. ., Silva, H. L. de A. ., & Moura, R. da C. . (2022). TÉCNICAS CIRÚRGICAS UTILIZADAS NA FRENECTOMIA LABIAL E LINGUAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(12), 328–338. https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.7976