A IMPORTÂNCIA DA SIMULAÇÃO TRIBUTÁRIA PARA DEFINIR O ENQUADRAMENTO ADEQUADO DURANTE A CONSTITUIÇÃO DA EMPRESA

Autores

  • Andrielly Karoline de Melo Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Francielle Kathleen Pascoal de Oliveira Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Pedro Urquiza Universidade Estadual do Norte do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7494

Palavras-chave:

Planejamento tributário. Regime tributário.

Resumo

Este estudo aborda o quanto é importante realizar a análise tributária para definir qual o meio de tributação mais adequado durante a constituição da empresa, com o intuito de reduzir elevadas cargas tributarias. A metodologia utilizada foi mediante a levantamento bibliográfico, elaboração de planilhas de cálculos, conjunto de informações de uma empresa com dados fictícios para a demonstração de como cada regime atua, onde o método utilizado foi o qualitativo. Ainda foram realizadas comparações entre os regimes tributários com ênfase em tributos federais (Imposto de Renda Pessoa Jurídica e na Contribuição Social sobre o Lucro), a fim de demonstrar qual forma de tributação seria a mais vantajosa. Tais análises demonstraram que o regime tributário mais benéfico e com cargas tributárias mais reduzidas seria o Lucro Presumido.

Biografia do Autor

Andrielly Karoline de Melo, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Bacharelanda em Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Norte do Paraná – Centro de Ciências Sociais Aplicadas. 

Francielle Kathleen Pascoal de Oliveira, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Bacharelanda em Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Norte do Paraná – Centro de Ciências Sociais Aplicadas.

Pedro Urquiza, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Professor orientador do curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Norte do Paraná – Centro de Ciências Sociais Aplicadas.

Downloads

Publicado

17/11/2022

Como Citar

Melo, A. K. de ., Oliveira, F. K. P. de ., & Urquiza, P. . (2022). A IMPORTÂNCIA DA SIMULAÇÃO TRIBUTÁRIA PARA DEFINIR O ENQUADRAMENTO ADEQUADO DURANTE A CONSTITUIÇÃO DA EMPRESA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 4348–4362. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7494

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)