IMPORTÂNCIA DAS INICIATIVAS DE INSERÇÃO DE MENINAS E MULHERES NA ÁREA DE STEM NO BRASIL

Autores

  • Daniela Cruz Souto Universidade Federal da Bahia- UFBA
  • Renata Cruz Souto ESAB

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7478

Palavras-chave:

Ciência. Iniciativas. Meninas. Mulheres. STEM.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar a importância das iniciativas de inserção de meninas e mulheres na área de STEM no Brasil. Apesar de a presença de mulheres na ciência ter aumentado de forma global, no sistema científico e tecnológico e um pequeno número de mulheres em determinadas áreas ou subáreas do conhecimento, como nas ciências exatas e engenharias. Desta forma, é preciso incentivar crianças e jovens para as carreiras científicas, e o Estado Brasileiro tem o papel fundamental de fomentar ações para que as meninas possam ter contato com a ciência, tecnologia e inovação desde os ciclos mais básicos da educação. A fim de induzir o aumento de mulheres nas carreiras de STEM, algumas iniciativas foram implementadas no Brasil. Assim, espera-se que as iniciativas possam se transformar em uma política pública que visa a produzir a segregação horizontal e vertical das mulheres nas áreas STEM.

Biografia do Autor

Daniela Cruz Souto, Universidade Federal da Bahia- UFBA

Graduação em Economia – UCSAL. Especialização em Gestão Contábil – UFBA. 

Renata Cruz Souto, ESAB

Graduação em Serviço Social – UCSAL. Graduação em Biblioteconomia - UFBA.  Especialização em Psicopedagogia Clínico Institucional – ESAB.

 

Downloads

Publicado

17/11/2022

Como Citar

Souto, D. C. ., & Souto, R. C. . (2022). IMPORTÂNCIA DAS INICIATIVAS DE INSERÇÃO DE MENINAS E MULHERES NA ÁREA DE STEM NO BRASIL. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 4319–4333. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7478