EFEITOS DO USO DE ENDECTOCIDA EVOL® NA TAXA DE PRENHEZ NO PROTOCOLO DE IATF EM CACOAL – RO

Autores

  • Lucas Henrique Brandão Penso Centro Universitário Maurício de Nassau, Cacoal – RO
  • Karla Priscila de Oliveira Centro Universitário Maurício de Nassau,Cacoal-RO

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7412

Palavras-chave:

ATF. Pecuária. Prenhez. Sanidade.

Resumo

A luta contra os vetores de doenças exige esforço constante, mas as intervenções são prejudicadas devido à métodos mal aplicados. Isso causa confusão nos fundamentos terapêuticos dos sistemas. A sanidade animal de um sistema de produção está relacionada ao controle de helmintos em bovinos, o qual pode ser alcançado por meio do tratamento desses vetores, permitindo que os produtores decidam se desejam reduzir as infecções por parasitas em seu rebanho. Isso é caro e difícil, mas pode ser feito por qualquer produtor de gado que tenha orçamento para as despesas. Animais saudáveis e alto controle contra parasitas leva a resultados acima da média. Este estudo teve como objetivo avaliar do uso de endectocida para aumento da taxa de prenhez no protocolo de IATF. Os animais que receberam Evol ® apresentaram 21,82% a mais na taxa de prenhez em relação aos que não receberam. O grupo de tratamento apresentou melhores resultados de prenhez comparado ao grupo controle.

Biografia do Autor

Lucas Henrique Brandão Penso, Centro Universitário Maurício de Nassau, Cacoal – RO

Graduando em Medicina Veterinária do Centro Universitário Maurício de Nassau, Cacoal – RO. 

Karla Priscila de Oliveira, Centro Universitário Maurício de Nassau,Cacoal-RO

Professora do Centro Universitário Maurício de Nassau,Cacoal-RO.

Downloads

Publicado

14/11/2022

Como Citar

Penso, L. H. B. ., & Oliveira, K. P. de . (2022). EFEITOS DO USO DE ENDECTOCIDA EVOL® NA TAXA DE PRENHEZ NO PROTOCOLO DE IATF EM CACOAL – RO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 4207–4216. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7412