OS DANOS CAUSADOS PELA DEPRESSÃO PÓS- PARTO

Autores

  • Gabriel Rodrigues Pinto Faculdade Pitágoras

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i8.6652

Palavras-chave:

Pós-parto em puérperas. Sintomas de depressão pós-parto. Depressão pós-parto na adolescência.

Resumo

Introdução: O presente estudo tratou-se da depressão pós-parto, que ocorre com frequência na atualidade e desta forma atinge milhares de mulheres todos os anos, principalmente no Brasil. Objetivo: Portanto, o objetivo do presente trabalho é evidenciar os danos causados pela depressão pós-parto, bem como os sintomas da doença e também as consequências da depressão pós-parto tanto para as mães, como para os bebês. Material e Métodos: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, adotada como método a revisão da literatura, onde foram pesquisados revistas científicas, livros e artigos obtidos a partir das bases de dados eletrônicos Google Acadêmico, Scientific Eletronic Library Online (Scielo), com o foco de apresentar descrições que retratem o tema aqui tratado. Resultados: percebeu-se que os sintomas, são semelhantes aos da depressão comum em outros pacientes, mas a questão da gravidez, deve ser levada sempre em consideração, assim como o histórico de vida da puérpera. E alguns casos, os familiares, podem achar normal a conduta da recém-mãe, principalmente aquela que está gerando seu filho pela primeira vez, ou até mesmo no caso das adolescentes, portanto o conhecimento da depressão pós-parto deve ser mencionado, divulgada para que a prevenção e o tratamento se façam presentes na vida da mulher grávida Conclusão: Despertou-se interesse por este tema devido à preocupação e vontade de entender e minimizar o sofrimento das puérperas ao desenvolver a depressão pós-parto.

Biografia do Autor

Gabriel Rodrigues Pinto, Faculdade Pitágoras

Graduado em Psicologia Faculdade Pitágoras Cidade: Uberlândia - Minas Gerais E-mail 
gabriel.ogo@hotmail.com.

Downloads

Publicado

31/08/2022

Como Citar

Pinto, G. R. . (2022). OS DANOS CAUSADOS PELA DEPRESSÃO PÓS- PARTO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(8), 879–888. https://doi.org/10.51891/rease.v8i8.6652