FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA NA PERSPECTIVA INCLUSIVA

Autores

  • Evila Zaynne Silva Oliveira Universidade Federal de Pernambuco- UFPE

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i7.6336

Palavras-chave:

Educação Matemática Inclusiva. Formação Inicial de Professores de Matemática. Ensino da Matemática. Inclusão.

Resumo

O presente trabalho possui o objetivo de refletir sobre a formação inicial do professor de matemática na perspectiva inclusiva, buscando compreender a formação do professor de matemática, assim como, a importância de se estudar sobre inclusão durante a licenciatura. A pesquisa possui uma abordagem qualitativa, onde foi analisado o Projeto Pedagógico do Curso (PCC) de universidades públicas dos municípios Recife e Caruaru que possuem o curso de licenciatura em matemática na modalidade presencial a fim de verificar se nesses cursos possuem, além da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, disciplinas voltadas para a inclusão de pessoas com deficiência. Nessa perspectiva, foi verificado que apenas uma das três universidades possui disciplinas que abordam a temática pesquisada.

Biografia do Autor

Evila Zaynne Silva Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco- UFPE

Licencianda em matemática na UFPE, foi professora de matemática no projeto de pré-vestibular inclusivo da UFPE durante os anos de 2020 e 2021, além disso, foi monitora da disciplina eletiva de Educação Matemática Inclusiva na UFPE.  ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0494-9873  

Downloads

Publicado

30/07/2022

Como Citar

Oliveira, E. Z. S. . (2022). FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA NA PERSPECTIVA INCLUSIVA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(7), 445–460. https://doi.org/10.51891/rease.v8i7.6336