RELAÇÃO ENTRE DOENÇA PERIODONTAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DIABETES MELLITUS TIPO I

Autores

  • Lucas Olimpío da Silva UNITAC
  • Lohana Neri Silva Motta UNITPAC
  • Cristiane Nogueira Rodrigues Milhomem UNITAC

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5617

Palavras-chave:

Doença periodontal. Diabetes mellitus tipo I.

Resumo

Introdução: A doença periodontal é uma infecção crônica, sendo a segunda maior causa de patologia dentária na população humana. A DP está definida como um processo infeccioso, inflamação crônica, caracterizada por uma rápida resposta inflamatória do hospedeiro aos microrganismos e seus produtos microbianos.  É considerada um amplo fator de risco entre Doença Periodontal e a Periodontite, por outro lado, dificulta o controle das mesmas. O sistema imunológico desempenha um papel importante na regulação da inter-relação entre essas duas doenças. Efeitos do diabetes no tecido periodontal e estudos de periodontite como possível fator. Métodos: Foram realizadas uma revisão sistemática de estudos associados a complicações diabéticas típicas. Base de pesquisa Google Acadêmico, Scielo e PubMed, foram utilizados como descritores as palavras “doença periodontal”, “diabetes”, “diabetes mellitus tipo I”, “crianças e adolescentes”, os artigos utilizados no presente trabalho foram dos anos de 2013 a 2022. O objetivo deste estudo foi estabelecer a relação existente entre periodontite em crianças (7 aos12 anos) e adolescentes (14 aos 19 anos) diabetes mellitus tipo l, por meio de uma revisão literária. A literatura sugere uma relação entre doença periodontal e doença sistêmica em crianças e adolescentes. Conclusão: Conclui-se que DP compreende um grupo de infecções inflamatórias que afetam o tecido periodontal e podem ser desencadeadas por uma variedade de fatores locais e sistêmicos. Além da maior prevalência, uma associação entre a gravidade da DP e a progressão do DM tem sido encontrada em muitos estudos. Indivíduos de todas as faixas etárias são suscetíveis à doença e à gengivite, uma doença reversível limitada ao tecido gengival que é comum na infância e no início da adolescência.

Biografia do Autor

Lucas Olimpío da Silva, UNITAC

Acadêmico de Odontologia – UNITAC. 

Lohana Neri Silva Motta, UNITPAC

Acadêmica de Odontologia- UNITPAC. 

Cristiane Nogueira Rodrigues Milhomem, UNITAC

Orientadora, Mestre em Clínica Integrada. 

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Silva, L. O. da ., Motta, L. N. S. ., & Milhomem, C. N. R. . (2022). RELAÇÃO ENTRE DOENÇA PERIODONTAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DIABETES MELLITUS TIPO I. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 2083–2091. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5617