O PROCESSO DE MORTE E MORRER: A PERCEPÇÃO DO ENFERMEIRO

Autores

  • Rebeca Maria dos Santos Silva Centro Universitário Dom Pedro II 
  • Andressa dos Santos de Jesus Centro Universitário Dom Pedro II
  • Aiana da Silva Garcia Sales Centro Universitário Dom Pedro II 
  •   Cathaline Teles Almeida Quirino Centro Universitário Dom Pedro II 
  •   Erica Souza dos Santos Centro Universitário Dom Pedro ll
  •   Jaqueline Costa Bacelar Barreto Centro Universitário Dom Pedro II 
  • Letícia Souza dos Santos Unime 
  •   Marília Aquino de Andrade Centro Universitário Dom Pedro II

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5571

Palavras-chave:

Adaptação psicológica. Atitude frente à morte. Enfermeiro. Morte.

Resumo

Introdução: A morte pertence ao ciclo natural da vida — nascimento, desenvolvimento e morte. Atualmente este fenômeno ainda é visto como tabu pela sociedade. Os enfermeiros apesar de deparar-se regularmente com a finitude do  ser, possuem uma maior fragilidade e resistência em especial para aceitar este evento, que é frequentemente encarado como o oposto da sua profissão. Objetivo: Descrever o que tem sido publicado sobre a perspectiva do enfermeiro diante do processo de morte e morrer. Metodologia: Trata-se de um artigo de revisão sistemática de literatura na área de enfermagem com abordagem qualitativa descritiva, que busca por meio de artigos originais, publicações que discorram sobre o tema processo morte e morrer. Este estudo constituiu-se em publicações indexadas no banco de dados eletrônico da Biblioteca Virtual em Saúde, referente aos sentimentos do enfermeiro diante da morte, no período de 2011 a 2020. Resultados: Realizada busca no banco de dados, foram encontrados 10 artigos que abordavam o objeto de estudo. Após a leitura exaustiva desses artigos, emergiram as seguintes categorias de análise: o processo de morte e morrer, o processo de morte e morrer no contexto hospitalar, o enfermeiro diante do processo de morte e morrer e dificuldades e estratégias no enfrentamento do processo de morte e morrer. Considerações finais: Levando-se em conta o que foi observado durante a concepção desta pesquisa é proposto então um investimento na qualificação de enfermeiros ainda na graduação, com a oferta de que a temática possua uma disciplina especifica com técnicas e práticas aplicadas em sala de aula, tornando assim o futuro profissional mais preparado e habilitado para lidar com este processo.

Biografia do Autor

Rebeca Maria dos Santos Silva, Centro Universitário Dom Pedro II 

Formação: Enfermeira Instituição: Centro Universitário Dom Pedro II E-mail: rebecamaria98@outlook.com.

Andressa dos Santos de Jesus, Centro Universitário Dom Pedro II

Formação: Enfermeira, Instituição: Centro Universitário Dom Pedro II E-mail: andressasantos57@hotmail.com.

Aiana da Silva Garcia Sales, Centro Universitário Dom Pedro II 

Formação: Graduanda em Enfermagem, Instituição: Centro Universitário Dom Pedro II E-mail: garciaaiana5@gmail.com.

  Cathaline Teles Almeida Quirino, Centro Universitário Dom Pedro II 

Formação: Enfermeira, Instituição: Centro Universitário Dom Pedro II. E-mail: catinhatquirino@gmail.com. 

  Erica Souza dos Santos, Centro Universitário Dom Pedro ll

Formação: Graduanda em Enfermagem, Instituição: Centro Universitário Dom Pedro ll .E-mail: erica.dejesus@hotmail.com.

  Jaqueline Costa Bacelar Barreto, Centro Universitário Dom Pedro II 

Formação: Enfermeira, Instituição: Centro Universitário Dom Pedro II E-mail: jaqueline.bacelar@hotmail.com.

Letícia Souza dos Santos, Unime 

Formação: Enfermeira, Instituição: Unime E-mail: leticiasanttos578@gmail.com. 

  Marília Aquino de Andrade, Centro Universitário Dom Pedro II

Formação: Graduanda em Enfermagem, Instituição: Centro Universitário Dom Pedro II E-mail: mariliaaquino20@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Silva, R. M. dos S. ., Jesus, A. dos S. de ., Sales, A. da S. G. ., Quirino,  CathalineT.A., Santos,  EricaS.dos., Barreto,  JaquelineC.B., Santos, L. S. dos ., & Andrade,  MaríliaA.de. (2022). O PROCESSO DE MORTE E MORRER: A PERCEPÇÃO DO ENFERMEIRO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 1545–1561. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5571

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.