MOVIMENTOS SOCIAIS E DEMOCRACIA: A PARTICIPAÇÃO NAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO DE 2013 E AS REPERCUSSÕES NO IMPEACHMENT DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

Autores

  • Neide Liamar Rabelo de Souza Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI) – México
  • Carlos Alberto Simioni Universidade Federal do Paraná- UFPR

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5533

Palavras-chave:

Movimentos sociais. Democracia. Lava Jato. Petrobras. Manifestações reivindicativas.

Resumo

Os movimentos sociais são coletivos reivindicatórios essenciais em países democráticos. A análise inicial foi direcionada para as jornadas de junho/2013, pelo comportamento diferenciado: protestaram contra o aumento das tarifas dos transportes públicos. Ao serem atendidos, continuaram mobilizados com pautas: anticorrupção, interesses de empresários, banqueiros e organizações transnacionais, com atuação até o afastamento da presidente Dilma Rousseff, em 17/4/2016. Porém, durante a pesquisa observou-se a real e eficiente força para mudança na conduta econômica do país, a partir de 2014, com a operação Lava Jato, apoiada por governos estrangeiros, empresários, mídia corporativa, as forças armadas, etc., visando a desestatização da exploração do petróleo e gás na camada pré-sal, sem restrições para atuação de petrolíferas interessadas na extração desse mineral. A investigação foi embasada no referencial teórico estudo das elites e a metodologia fundada na revisão bibliográfica.

 

Biografia do Autor

Neide Liamar Rabelo de Souza, Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI) – México

Doutoranda em Educação, pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI) – México; linha de pesquisa: Economia da Educação. Mestra acadêmica em Direito; linha de pesquisa: Direito Econômico Internacional. A - Especializações lato sensu: 1) Indicadores Científicos e Tecnológicos; 2) Recursos Humanos; 3) Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado; 4) Antropologia; 5) Direito Imobiliário e, 6) Comunicação na Pós-modernidade.B - Graduações: 1) Bel. em Ciências Econômicas; 2) Bel. em Ciências Jurídicas; 3) Lic. em Música; 4) Bel. em Ciências da Administração; 5) Lic. em Sociologia; 6) Lic. em História; 7) Bel. em Ciências Contábeis; 8) Bel. em Ciências Políticas. C – Atividades profissionais: Profissional Liberal. Tem experiência na área de Economia, Direito, Administração, Contabilidade, Ciências Políticas, Música, Sociologia e História, com ênfase em Direito Previdenciário, Administração Pública e militância nas questões sociais e direitos das minorias e mulheres, especialmente, na atuação como voluntária. E-mail: liamarrs@gmail.com; https://orcid.org/0000-0002-8320-6105 e http://lattes.cnpq.br/5885421247777087.

Carlos Alberto Simioni, Universidade Federal do Paraná- UFPR

Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Paraná-UFPR. Mestre em Sociologia, UFPR; Graduado em Ciências Sociais, UFPR. Professor dos cursos de Ciência Política e Relações Internacionais no Centro Universitário UNINTER desde 2002. Sociólogo, atua como consultor em projetos e estudos de impactos socioambientais. E-mail: carlos.s@uninter.com.

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Souza, N. L. R. de ., & Simioni, C. A. . (2022). MOVIMENTOS SOCIAIS E DEMOCRACIA: A PARTICIPAÇÃO NAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO DE 2013 E AS REPERCUSSÕES NO IMPEACHMENT DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 1–18. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5533