ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DA SÍNDROME RESPIRATÓRIA AGUDA GRAVE (SRAG) COM ÊNFASE NA COVID-19 EM GOIÁS

Autores

  • Aline Alves de Amorim Universidade Estadual de Goiás
  • Weslen Lima Verdiono Universidade Estadual de Goiás
  • Lorena Timoteo Baptista Universidade Estadual de Goiás
  • Camila Ponciano Duarte Universidade Estadual de Goiás
  • Gean Andre Coutinho Universidade Estadual de Goiás
  • Thaís Moreira Lemos Universidade Estadual de Goiás
  • Benigno Alberto Morais da Rocha Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5387

Palavras-chave:

Síndrome Respiratória Aguda Grave. Vírus. Internação.

Resumo

A síndrome respiratória aguda grave (SRAG) é considerada atualmente um dos grandes desafios sanitários, tornando fundamental o acompanhamento da conduta dos vírus sazonais e do surgimento de agentes etiológicos novos. Em meio ao momento pandêmico atual, com o sistema de saúde sobrecarregado e a alta transmissão das afecções respiratórias, se reflete a precarização dos hospitais.  Diante dessa realidade, o artigo tem por objetivo analisar o perfil epidemiológico das SRAG  incluindo COVID-19 no estado de Goiás, no ano de 2020 à janeiro de 2021. Para tanto, foi realizado um estudo transversal, descritivo e retrospectivo até janeiro de 2021 no estado de Goiás, retirados do openDataSus. Os resultados descrevem os casos de SRAG, encontrados nos registros de notificação, dos quais ocorreram a predominância da COVID-19 em um desfecho alto de internação geral e em UTI, resultando assim em uma alta morbimortalidade. Analisando o cenário atual, ressaltamos a importância da identificação, da notificação e do manejo adequado dos casos. 

Biografia do Autor

Aline Alves de Amorim, Universidade Estadual de Goiás

Discente de graduação em Enfermagem - Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Email: amorima930@gmail.com.

Weslen Lima Verdiono, Universidade Estadual de Goiás

Discente de graduação em Enfermagem - Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Email: weslen.verdiono@gmail.com.

Lorena Timoteo Baptista, Universidade Estadual de Goiás

Discente de graduação em Enfermagem - Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Email: lorena.baptista12@gmail.com.

Camila Ponciano Duarte, Universidade Estadual de Goiás

Discente de graduação em Enfermagem - Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Email: camilaponciano2013@gmail.com.

Gean Andre Coutinho, Universidade Estadual de Goiás

Discente de graduação em Enfermagem - Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Email: coutinho_g@icloud.com.

Thaís Moreira Lemos, Universidade Estadual de Goiás

Discente de graduação em Enfermagem - Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Email: tmkpopgd@hotmail.com.

Benigno Alberto Morais da Rocha, Universidade Estadual de Goiás

Docente na Universidade Estadual de Goiás e no Centro Universitário Goyazes - Biomédico, Mestre e Doutor em Medicina Tropical e Saúde Pública, com Ênfase em Epidemiologia – Email: benigno.rocha@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Amorim, A. A. de ., Verdiono, W. L. ., Baptista, L. T. ., Duarte, C. P. ., Coutinho, G. A. ., Lemos, T. M. ., & Rocha, B. A. M. da . (2022). ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DA SÍNDROME RESPIRATÓRIA AGUDA GRAVE (SRAG) COM ÊNFASE NA COVID-19 EM GOIÁS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 405–422. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5387

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)