USO DE CREATINA EM PRATICANTES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS E SUA CORRELAÇÃO COM INJURIAS RENAIS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Autores

  • Yuri Serpa Chimelli Universidade de Vassouras
  • Gefson Couto Magrani Universidade de Vassouras

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5183

Palavras-chave:

Exercícios. Injuria Renal. Suplementação. Creatina.

Resumo

 Atualmente a creatina é um dos aminoácidos mais utilizados por praticantes de atividades físicas que visam uma melhora da performance. Essa substância consegue otimizar o gasto energético por possuir a capacidade de carrear uma molécula de fosfato ao tecido muscular e doar esta para o ADP ( difosfato de adenonisa) restabelecendo ligações energéticas e elevando os níveis de ATP ( trifosfato de adenosina) musculares. Contudo, apesar da sua eficácia no aumento da força, essa substância tem sido muito debatida no meio científico, por haver relatos que sugerem sua associação a possíveis danos renais. Uma vez que o aumento desse elemento no organismo pode acarretar elevação da creatinina sérica oriunda de uma reação não enzimática que une a creatina com a fosfocreatina. Dessa forma, o objetivo dessa revisão de literatura é buscar se há  uma correlação entre injuria do parênquima renal associado ao uso de creatina. 

Biografia do Autor

Yuri Serpa Chimelli, Universidade de Vassouras

Discente do Curso de Medicina da Universidade de Vassouras. Vassouras- RJ, Brasil. Orcid ID: 0000-0002-9491-6153 E-mail: ychimelli@gmail.com.

Gefson Couto Magrani, Universidade de Vassouras

Docente do Curso de Medicina da Universidade de Vassouras, RJ, Brasil. Orcid ID: 0000-0003-1946-9688. E-mail: chimelli_yuri@hotmail.com.

Downloads

Publicado

03/05/2022

Como Citar

Chimelli, Y. S. ., & Magrani, G. C. . (2022). USO DE CREATINA EM PRATICANTES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS E SUA CORRELAÇÃO COM INJURIAS RENAIS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(4), 1696–1704. https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5183