ATUAÇÃO FARMACÊUTICA NAS DROGARIAS

Autores

  • Pablo Tenório Alonso Ramalho Universidade Iguaçu
  • Alex Sandro Rodrigues Baiense Universidade Iguaçu

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5144

Palavras-chave:

Drogarias. Atenção farmacêutica. Serviços. Medicamentos.

Resumo

As farmácias e drogarias vendem medicamentos, insumos e produtos relacionados a saúde, os farmacêuticos presentes nesses estabelecimentos devem tentar garantir o uso racional medicamentos e promoção da saúde, realizando serviços clínicos e administrativos. Serviços prestados por farmacêuticos em farmácias de acordo com a legislação vigente, podem ser: clínicas, assistivas, gerenciais e administrativas. O papel primordial do farmacêutico é estender o perfil de beneficiário da assistência médica ao público em geral, e desta forma reconhecer o farmacêutico como uma equipe de saúde de prestadores de cuidados de saúde que podem participar ativamente na prevenção de doenças e promoção da saúde com outros membros. Portanto, é importante manter um diálogo entre o paciente e o farmacêutico para a dispensação correta dos medicamentos. O reconhecimento da contribuição da atuação desse profissional para o alcance dos melhores resultados de saúde corrobora a importância do farmacêutico nas drogarias.

Biografia do Autor

Pablo Tenório Alonso Ramalho, Universidade Iguaçu

Aluno do curso de Farmácia pela UNIG – Universidade Iguaçu– RJ, Brasil. E-mail: pablo77alonso@gmail.com.

Alex Sandro Rodrigues Baiense, Universidade Iguaçu

Professor Universitário da Universidade Iguaçu - UNIG. Pós-graduação em Análises Clínica pela Universidade Iguaçu. Graduado em Farmácia pela Universidade do Grande Rio- UNIGRANRIO, Farmácia Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ e Química Licenciatura Plena pela Universidade do Grande Rio-  UNIGRANRIO.

Downloads

Publicado

30/04/2022

Como Citar

Ramalho, P. T. A. ., & Baiense, A. S. R. . (2022). ATUAÇÃO FARMACÊUTICA NAS DROGARIAS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(4), 1427–1437. https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5144