A NEUROCIÊNCIA E A SÍNDROME DE BURNOUT NO AMBIENTE CORPORATIVO

Autores

  • Gabriela Maia de Souza

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5119

Palavras-chave:

Neurociência. Ambiente Corporativo. Síndrome de Burnout.

Resumo

A neurociência organizacional se dedica ao estudo dos comportamentos humanos no ambiente laboral. O bem-estar no trabalho tem ganhado importância cada vez maior tendo em vista que quando o trabalhador fica exposto a estressores, pode desenvolver doenças ocupacionais diversas, dentre as quais está a síndrome de Burnout, decorrente de uma combinação de estressores oriundos do ambiente social, laboral e pessoal do sujeito. O objetivo geral deste artigo foi analisar a síndrome Burnout e seus impactos na saúde dos trabalhadores nas organizações. Elegeram-se como objetivos específicos: discorrer sobre a neurociência tradicional e organizacional; explicar a qualidade de vida no trabalho; e pesquisar a síndrome Burnout e seus impactos na saúde dos trabalhadores. Referente à metodologia, o estudo tem abordagem qualitativa, descritiva e exploratória e foi operacionalizado valendo-se da revisão bibliográfica. Constatou-se que nas últimas décadas, pesquisas na área da neurociência têm revelado insights fundamentais referentes às funções cerebrais, a exemplo da memória, pensamento e emoções, que têm aplicações no local de trabalho. Concluiu-se que aplicar o conhecimento fornecido pela neurociência sobre essas funções no cotidiano do trabalho pode ajudar a gerenciar situações relacionadas à saúde operacional, dentre as quais encontra-se a Síndrome de Burnout, doença silenciosa que acomete o indivíduo, gerando impactos negativos em sua saúde física e mental. Prevenir a Síndrome de Burnout nas organizações pode ajudar a melhorar o desempenho e a produtividade dos colaboradores, além de contribuir para um ambiente de trabalho saudável e harmonioso.

Biografia do Autor

Gabriela Maia de Souza

Advogada inscrita na OAB e no International Bar Association (IBA). Especialista em Direito Público, Internacional, Tributário, Digital, Penal e Processual Penal, Marítimo, Médico e Hospitalar. LLM em Direito dos Contratos e MBAs Executivos nas Áreas de Negócios Internacionais e Comércio Exterior, Controladoria e Finanças, Gerenciamento Executivo de Projetos, Petróleo e Gás, Gestão de Pessoas e Recursos Humanos, Marketing e Redes Sociais e Gestão Competitiva e Business Intelligence (BI). Pedagoga Especializada em Psicopedagogia, Neurociência e Comunicação em Ambientes Corporativos e Neuropsicopedagogia Institucional, ClínicaeHospitalar. https://orcid.org/0000-0001-9822-4122 Email:gabrielamaia78@hotmail.com. 

Downloads

Publicado

30/04/2022

Como Citar

Souza, G. M. de . (2022). A NEUROCIÊNCIA E A SÍNDROME DE BURNOUT NO AMBIENTE CORPORATIVO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(4), 1066–1090. https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5119