A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO MUNICÍPIO DA CELA, PROVÍNCIA DO CUANZA-SUL – ANGOLA: UM FENÓMENO QUE TEM PREOCUPADO O GOVERNO E A SOCIEDADE

Autores

  • Mário Graça da Costa Universidade Internacional Iberoamericana do México
  • Edna Martinha Bailão Pio Carlos Instituto Superior Politécnico Caála - Angola
  • Maria Aparecida Santos e Campos Universidade  de   Jaén- Espanha

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.4867

Palavras-chave:

Violência. Valores Culturais. Fenómeno. Família. Promoção da mulher.

Resumo

A família constitui o núcleo fundamental de uma sociedade, constituída por um grupo sanguíneo onde se transmitem valores morais e culturais e a Educação formal e informal, são pilares fundamentais para que ela guie-se. Partindo sempre do princípio de que, quem educa uma mulher, está educar uma sociedade. A desestruturação da família, têm causado vários transtornos nos lares e vários investigadores apontam o surgimento da violência doméstica como principal causa e depois, surge a delinquência nos filhos. Desta forma, ao longo do presente estudo, vários autores defenderam como principais causa do fenómeno violência domestica, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, a perda de valores religiosos, a infidelidade conjugal, o baixo nível de escolaridade entre os parceiros, a pobreza, acusações de feitiçaria, o desemprego etc. O presente trabalho de campo e de natureza exploratória com abordagem quanti-qualitativa, enquanto produto de uma investigação bibliográfica e empírica, tem como objectivo reflectir sobre  o processo de enfrentamento à violência contra as mulheres no Município da Cela, Província do Cuanza Sul. Para o desenvolvimento do mesmo, entrevistou-se um grupo focal de  14 mulheres, 6 homens com uma amostra de 20  participantes, entre eles, autoridades tradicionais, religiosas, membros da sociedade civil e  da Direcção Municipal da Família e Promoção da Mulher, membros ligados aos Serviços de Investigação Criminal do Município da Cela, A colecta de dados ocorreu de Outubro á Novembro de 2021.

Biografia do Autor

Mário Graça da Costa, Universidade Internacional Iberoamericana do México

Doutorando em Educação na linha de pesquisa em Organização e Gestão de Centro Educativos pela Universidade Internacional Iberoamericana do México – UNINI MÉXICO;  Professor do Instituto Superior Politécnico Caála – Angola -  Huambo. Mestre em Educação na  Especialidade  de Organização e Gestão de Centros Educativos pela Universidade Europeia de Atlântico – Espanha; Pós - Graduado em Pedagogia e Gestão de Projectos pela UJES (pós Lato Sensu);  Pós – Graduado em Administração Autárquica pelo Instituto de Cooperação Jurídica  da Universidade de Lisboa em parceria com a Faculdade de Direito da  UJES (pós Lato Sensu); Licenciado em Engenharia Informática e Computadores pela Universidade José Eduardo dos Santos – Angola; Membro efectivo da Ordem dos Engenheiros de Angola com Cédula Profissional n.º 3484; Membro do grupo de investigação MAS UNINI-BR; Email: mario.graca@doctorado.unini.edu.mx; ORCID: http://orcid.org/0000-0002-6667-9576.

 

Edna Martinha Bailão Pio Carlos, Instituto Superior Politécnico Caála - Angola

Pós-graduanda (pós Lato Sensu) em Genecologia e Obstetricia pelo Instituto Superior Politécnico Caála - Angola; Licenciada em Enfermagem Geral pelo Instituto Superior Politécnico Sol Nascente-Huambo – Angola;  Enfermeira  Licenciada de 13 ª Classe, funcionária pública à 12 Anos no Hospital Municipal do Bailundo na área da Maternidade e Responsável do Bersário do Centro Materno Infantil-Bailundo; Experiência como  Docente do Instituto Superior Politécnico Caála – Polo Universitário do Bailundo 1 Ano, nas disciplina de Anatomia e Farmacologia I. Email: dacostaedna23@gmail.com.

Maria Aparecida Santos e Campos, Universidade  de   Jaén- Espanha

 Doutorado em   Atividade   Física   e   saúde   pela   Universidade  de   Jaén.   É   Coordenadora   do   Grupo   Pesquisa MASUNINI-BR,  membro  dos  grupos  de  investigação:  HUM790-Universidad  de  Jaén  Españae  Grupo  AL Andalus, Univ. de Granada. Professora com 30 anos de carreira, atuando em todos os segmentos da educação, é membro  da  Comissão  Editorial  da  Revista  Geopantanal,  UFCG.  Atualmente  Professora  de  Didática  aplicada  e Organização  e  gestão  de  centros  educativos, Diretora - Orientadora  de  tese  doutoral  na  UNINI-MX,  e  UNINI PORTO  RICO,   professora  e  terapeuta  na  Associação  de  Fibromialgia  de  jaén,  AFIXA.Linhas  de  pesquisa: Formação  de  professores;  Multiculturalidade,  Interculturalidade  em  educação;  Educação  Física  e  Gestão  e Organização de centros escolares.  ORCID:https://orcid.org/0000-00011790-5438.

Downloads

Publicado

30/04/2022

Como Citar

Costa, M. G. da ., Carlos, E. M. B. P. ., & Campos, M. A. S. e . (2022). A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO MUNICÍPIO DA CELA, PROVÍNCIA DO CUANZA-SUL – ANGOLA: UM FENÓMENO QUE TEM PREOCUPADO O GOVERNO E A SOCIEDADE. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(4), 30–62. https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.4867

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)