TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV: O PAPEL DO ENFERMEIRO NO CUIDADO A GESTANTE SOROPOSITIVO

Autores

  • Nicoly Fernandes Franco Centro Universitário Redentor
  • Tiago Pacheco Brandão Ribeiro Centro Universitário Redentor

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2916

Palavras-chave:

Atenção primária à saúde. Cuidado pré-natal. Enfermeiros. HIV.

Resumo

Estudo de revisão da literatura que objetivou realizar uma análise sobre a atuação da enfermagem à gestante portadora do HIV frente ao aconselhamento no pré-natal. A metodologia trata-se de uma revisão integrativa de abordagem qualitativa, com as pesquisas realizadas na base de dados online Portal Regional da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e em seus sites afiliados. Incluíram-se publicações divulgadas entre 2017 e 2021, com texto completo, artigos, monografias e teses nos idiomas português e inglês, disponíveis de forma gratuita, que atendessem até três descritores utilizados. Foram excluídos trabalhos com data inferior a 2017, também àquelas que apresentavam apenas resumos e citações com idiomas diferentes dos citados anteriormente. O estudo foi composto pela análise de 10 publicações. Os resultados mostram o papel do enfermeiro está ligado ao cuidado as gestantes soropositivas em relação a transmissão vertical (TV), ou seja, o cuidado no pré-natal das gestantes soropositivas.  Conclui-se que o enfermeiro contribui bastante para a educação em saúde, solicitando e avaliando os possíveis sinais e sintomas do HIV precocemente na gestante, com sua busca ativa e minuciosa nas consultas de pré-natal.

Biografia do Autor

Nicoly Fernandes Franco, Centro Universitário Redentor

Graduanda em  Enfermagem.  Centro Universitário Redentor.

 

Tiago Pacheco Brandão Ribeiro , Centro Universitário Redentor

M.Sc. Em Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente/ Centro Universitário Redentor.

Downloads

Publicado

16/11/2021

Como Citar

Franco, N. F. ., & Ribeiro , T. P. B. . (2021). TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV: O PAPEL DO ENFERMEIRO NO CUIDADO A GESTANTE SOROPOSITIVO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 2798–2809. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2916