PENSAMENTOS DE NIETZSCHE E FOUCAULT SOBRE A DIFERENÇA E A SEXUALIDADE

Autores

  • Flávio Roberto Chaddad Universidade de Franca

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2695

Palavras-chave:

Nietzsche. Foucault. Diferença. Sexualidade.

Resumo

A sexualidade sempre foi vista ora pela ótica do ensino dos órgãos reprodutores masculinos e femininos e/ou como uma política de estado - inclusa a questão religiosa. Este artigo tem como objetivo verificar o pensamento de Nietzsche e Foucault sobre a diferença e a sexualidade. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica e como método de entendimento dos fatos adotou-se a pseudonarrativa nietzschiana e da genealogia foucaultiana. Através das críticas de Nietzsche a Parmênides, a lógica formal e ao advento do homem verídico e das análises de Foucault percebeu-se como o sexo foi sempre colocado em discurso e de como foi tão velado e escamoteado. Ao mesmo tempo em que se verificou através destas críticas toda uma ordem de interdições, procurou-se salientar que as rupturas analisadas por Foucault só tinham razão de existir em decorrência do padrão – o homem verídico de Nietzsche.

Biografia do Autor

Flávio Roberto Chaddad, Universidade de Franca

Mestre em Educação Escolar Pela UNESP/Araraquara (SP). Graduado em Filosofia pela Universidade de Franca – UNIFRAN. Diretor de Escola na EMEF “Professora Lúcia Sampaio Galvão”. Email: frchaddad@gmail.com.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Chaddad, F. R. . (2021). PENSAMENTOS DE NIETZSCHE E FOUCAULT SOBRE A DIFERENÇA E A SEXUALIDADE. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 1699–1719. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2695