O PERIGO DO MARKETING NO INCENTIVO À AUTOMEDICAÇÃO DE ANALGÉSICOS

Autores

  • Raisa de Moura Alves Universidade Iguaçu
  • Thiago Pereira de Abreu Universidade Iguaçu

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2638

Palavras-chave:

Automedicação. Marketing. Indústrias farmacêuticas.

Resumo

Os Medicamentos são responsáveis em contribuir na saúde e bem estar do paciente, quando não são bem administrados á probabilidade a riscos e ocorrencias de eventos adversos, causando problemas ainda maiores ou a próprio óbito do paciente. E quando esses medicamentos são potencialmente perigosos, poderá atenuar o número maior de ocorrencias que ocasionarão prolongamento a complicações, gerenciando outras demandas ao uso de medicamentos sem prescrição médica. No Brasil, uma parte significativa relacionada ao uso inadequado a medicações, geram intoxicações ou demandam para outros tipos de complicações. Além disso, medicações para seu consumo é obrigatório ser prescritos e quando não há, acabam gerando problemas para os hospitais na qual gastam de 15 a 20% de seus orçamentos para resolver as complicações causadas pelo mau uso dos mesmos. A promessa de alívio do sofrimento rápido é inerente das propagandas e marketing de industrias farmacêuticas. As exigências para o uso racional de medicamentos são complexas, e para que sejam executadas, devem contar com a participação de todos, incluindo pacientes, profissionais de saúde, legisladores, formuladores de políticas públicas, indústria, comércio e governo.

Biografia do Autor

Raisa de Moura Alves, Universidade Iguaçu

Formação: Graduanda do curso de Farmácia. Universidade Iguaçu (UNIG)E-mail:mouraraisa@gmail.com.

Thiago Pereira de Abreu, Universidade Iguaçu

Farmacêutico com doutorado em fisiologia. Instituição: UFRJ.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Alves, R. de M. ., & Abreu, T. P. de . (2021). O PERIGO DO MARKETING NO INCENTIVO À AUTOMEDICAÇÃO DE ANALGÉSICOS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 1025–1046. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2638

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)