IMPLICAÇÕES DO CONCEITO DE INTELIGÊNCIA DE HOWARD GARDNER A UMA DIDÁTICA NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS

doi.org/10.29327/4226428

Autores

  • Hebert José Balieiro Teixeira Universidade do Estado do Amazonas – UEA
  • Evandro Ghedin Universidade Federal do Amazonas- UFAM

Palavras-chave:

Educação em Ciências. Cognição. Inteligências Múltiplas. Planejamento Integrado de Disciplinas.

Resumo

Trata-se de uma pesquisa sobre a teoria das Inteligências Múltiplas aplicada na educação em Ciências, desenvolvida no segundo semestre de 2010, em uma turma de mestrado, de um Programa de Pós-Graduação, de uma Universidade pública do Estado do Amazonas, onde se realizou, entre as disciplinas obrigatórias do curso, um Planejamento Integrado de Disciplinas. Esta pesquisa foi centrada na seguinte problematização: quais das Inteligências Múltiplas propostas por Gardner aparecem no trato pedagógico do espaço de aula no mestrado, no segundo semestre de 2010, e em que medida as práticas pedagógicas dos professores do Mestrado em Educação em Ciências contribuem para a produção de conhecimento dos estudantes do Mestrado? Os fundamentos do percurso metodológico foram subsidiados pela abordagem de nível qualitativa, sob perspectiva hermenêutica. Constatou-se que a didática das ciências utilizada pelos professores, desenvolvida no segundo semestre de 2010, foi o Planejamento Integrado de Disciplinas, onde as disciplinas se interligavam numa conjectura integrada, e as inteligências múltiplas mais estimuladas neste processo foram a inteligência linguística, a lógico-matemática, as pessoais e a naturalista.

 

 

Biografia do Autor

Hebert José Balieiro Teixeira, Universidade do Estado do Amazonas – UEA

Licenciado em Pedagogia, pela Escola Normal Superior, da Universidade do Estado do Amazonas – UEA. Especialista em Gestão Escolar pelo Instituto Dados da Amazônia - IDAAM e Universidade Gama Filho. Mestre em Educação em Ciências pela Universidade do Estado do Amazonas- UEA. Professor/Pedagogo - SEMED. 

Evandro Ghedin, Universidade Federal do Amazonas- UFAM

Professor Titular-Livre da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Possui Pós-doutorado em Didática pela Faculdade de Educação da USP (2010). É Doutor em Filosofia da Educação pela USP (2004). Mestre em Educação pela UFAM (2000). Especialista em Antropologia da Amazônia pela UFAM. Especialista em Filosofia e Existência pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Graduado em Filosofia pela UCB (1995). Professor Pesquisador na Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (REAMEC). Professor Permanente no PPGE-UFAM. Professor Permanente na EDUCANORTE. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação em Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: Didática e Formação de Professores; Metodologia da Pesquisa em Educação; Epistemologia; Educação em ciências; Filosofia da Educação. Atuou na Educação Básica da Rede Pública e Privada por 5 anos. É professor Universitário desde 1997. É autor de diversos livros e artigos científicos na área da Educação.

 

Downloads

Publicado

03/12/2020

Como Citar

Balieiro Teixeira, H. J. ., & Ghedin, E. (2020). IMPLICAÇÕES DO CONCEITO DE INTELIGÊNCIA DE HOWARD GARDNER A UMA DIDÁTICA NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS: doi.org/10.29327/4226428. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 134. Recuperado de https://periodicorease.pro.br/rease/article/view/238

Edição

Seção

E-books

Categorias