NIKETCHE: UMA HISTÓRIA DE POLIGAMIA E O ROMANCE DE FORMAÇÃO

Autores

  • Adriane Corrêa de Barros

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i9.2307

Palavras-chave:

Bildungsroman. romance de formação. romance de formação feminino. literatura africana.

Resumo

O objetivo desde artigo é identificar um romance de formação recente, que mantenha a forma clássica do Bildungsroman. Retratado como um romance típico da literatura alemã, o romance de formação tem se modificado e ampliado as suas características básicas. Não sendo mais vinculado apenas ao contexto eurocêntrico, tal gênero literário tem se estendido às literaturas americanas, femininas e africanas. Desta forma, foi analisado o romance Niketche: uma história de poligamia, da escritora moçambicana Paulina Chiziane, seguindo os critérios dos autores Moretti (2020), Maas (2000), Lukács (2000) e Brändström (2021) para definir o romance em questão como sendo um genuíno Romance de Formação.    

Downloads

Publicado

30/09/2021

Como Citar

Barros, A. C. de . (2021). NIKETCHE: UMA HISTÓRIA DE POLIGAMIA E O ROMANCE DE FORMAÇÃO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(9), 1042–1057. https://doi.org/10.51891/rease.v7i9.2307