DIABETES MELLITUS, DIABETES INSIPIDUS PÓS- TRAUMÁTICO: UM RELATO DE CASO E UMA BREVE REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Thamyres Gabryelli Tosta Universidade Brasil
  • Letícia Yumi Fukuda Watanabe Universidade Brasil
  • Lilian Maria de Godoy Soares The Endocrine Society

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i8.1989

Palavras-chave:

Diabetes Mellitus. Diabetes Insipidus. Traumatismo cranioencefálico.

Resumo

Objetivo: Descrever o relato de um paciente que desenvolveu diabetes insipidus após um episódio traumático. O que torna o caso interessante é a presença de duas patologias distinta, a diabetes mellitus e a diabetes insipidus que embora haja essa discordância quanto a definição, fisiopatologia e tratamento, há uma semelha quanto ao quadro clinico de hiperglicemia. Diante disso, será abordado sobre cada uma dessas comorbidades, distinguindo-as com o objetivo de entender a clínica do paciente. Métodos: Trata-se de um relato de experiência acerca de uma paciente portador de diabetes insipidus pós-traumático. A diabetes mellitus (DM) é uma síndrome complexa, decorrente de um desequilíbrio metabólico caracterizado pelo excesso de glicose no sangue. Já a diabetes insipidus é uma síndrome caracterizada por um distúrbio no metabolismo na síntese, secreção ou ação do ADH (hormônio anti-diurético). Existem várias causas para o seu desenvolvimento, sendo um deles o traumatismo cranioencefálico. Relato de caso: No presente artigo, os autores relatam o caso de um paciente do sexo masculino de 49 anos de idade, politraumatizado, que desenvolveu diabetes insipidus descoberto 3 anos após o trauma. Conclusão: Diante disso, discutem a fisiopatologia, quadro clínico, diagnóstico, tratamento e fazem uma breve revisão da literatura médica.

Biografia do Autor

Thamyres Gabryelli Tosta, Universidade Brasil

Graduando em medicina pela Universidade Brasil – Fernandópolis – SP, Brasil.  thata_tosta@hotmail.com

Letícia Yumi Fukuda Watanabe, Universidade Brasil

Graduando em medicina pela Universidade Brasil – Fernandópolis – SP, Brasil. leticia.lyfw@gmail.com

Lilian Maria de Godoy Soares, The Endocrine Society

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Marília - FAMEMA (1991), com Residência Médica em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina de Marília - FAMEMA (1995) e especialização em Endocrinologia e Metabologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (1997). Mestre em Engenharia Biomédica pelo Programa de Pós - Graduação Stricto Sensu pela Universidade Camilo Castelo Branco - UNICASTELO (2014). Professora do curso de Medicina da Universidade Brasil. Preceptora e Supervisora do internato do curso de Medicina da Universidade Brasil. Preceptora da Residência de Clínica Médica da Universidade Brasil em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Fernandópolis. Título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Membro da "The Endocrine Society".  lilianmariags@hotmail.com

Downloads

Publicado

31/08/2021

Como Citar

Tosta, T. G. ., Watanabe, L. Y. F. ., & Soares, L. M. de G. . (2021). DIABETES MELLITUS, DIABETES INSIPIDUS PÓS- TRAUMÁTICO: UM RELATO DE CASO E UMA BREVE REVISÃO DE LITERATURA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(8), 631–638. https://doi.org/10.51891/rease.v7i8.1989