O LUTO FAMILIAR PELO DIAGNÓSTICO DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA NA VISÃO PSICANALÍTICA

Autores

  • Alberto de Jesus Vidal Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Isabella Silva de Andrade Universidade de Santo Amaro- UNISA
  • Gerson Heidrich da Silva Universidade Santo Amaro - UNISA

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i7.1834

Palavras-chave:

Transtorno de Espectro Autista. Psicanálise. Luto.

Resumo

O presente estudo teve por finalidade fazer uma revisão bibliográfica sobre o luto familiar trazido pelo diagnóstico do transtorno do espectro autista. Neste, é trazida a compreensão das formas desse espectro, e também a maneira que a família enfrenta essa situação, levando em consideração as fases desse luto como culpa, raiva, barganha, depressão e aceitação. Quando um casal gera um filho, diversas situações circundam esse momento: são criadas esperanças, projetos e uma ansiedade que toma conta dos futuros pais. Criam, nesse momento, expectativas favoráveis sobre o bebê, gerando assim uma ideia de perfeição ou de criança perfeita. No entanto, ao perceberem a diferença de seu bebê em relação a outros considerados típicos, os pais geralmente buscam por um profissional para possíveis esclarecimentos e algum diagnóstico. Frente ao diagnóstico do transtorno de espectro autista (TEA), os processos de luto são iniciados. Este estudo apresentará, então, aspectos de direcionamento quanto ao entendimento do espectro autista e seu diagnóstico, além de outras condições do espectro como o luto e sua elaboração, o papel do psicólogo e formas de tratamento na perspectiva psicanalítica.             

 

Biografia do Autor

Alberto de Jesus Vidal, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Formado em Psicologia pela Universidade de Santo Amaro e concluinte do Curso de Prevenção ao Suicídio pela Secretaria do Estado da Saúde do Paraná (SESA) ofertado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Isabella Silva de Andrade, Universidade de Santo Amaro- UNISA

Formada em Psicologia pela Universidade de Santo Amaro, tendo como experiência atuação na área de pesquisa, através do acompanhamento terapêutico de pacientes com TEA em ambiente clínico, escolar e domiciliar. E-mail: isa_andradeapc16@hotmail.com.

Gerson Heidrich da Silva, Universidade Santo Amaro - UNISA

Psicólogo, doutor em Educação pela Faculdade de Educação da USP, professor e supervisor do curso de psicologia da Universidade Santo Amaro - UNISA.  Contato: psicopiq@gmail.com.      

Downloads

Publicado

16/08/2021

Como Citar

Vidal, A. de J. ., Andrade, I. S. de ., & Silva, G. H. da . (2021). O LUTO FAMILIAR PELO DIAGNÓSTICO DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA NA VISÃO PSICANALÍTICA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(7), 1456–1464. https://doi.org/10.51891/rease.v7i7.1834