IDENTIFICAÇÃO DO RISCO DA RESISTÊNCIA DE PSEUDOMONAS AERUGINOSA A ANTISSÉPTICOS EM UNIDADES DE EMERGÊNCIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Luiza Gabrielle Tavares dos Santos Universitário Brasileiro
  • Maria da Conceição Alexandre Castro Universitário Maurício de Nassau

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i6.1429

Palavras-chave:

Antissépticos. Infecção Hospitalar. Pseudomonas aeruginosa.

Resumo

Introdução: A resistência bacteriana pode ocorrer como estratégia de defesa das bactérias. A bactéria Pseudomonas aeruginosa se sobressai entre o grupo de bactérias gram-negativas, pois constantemente está relacionada com altas taxas de morbimortalidade em pacientes na unidade de emergência. Objetivo: Identificar quais antissépticos utilizados na unidade de emergência promovem maior risco de colonização e resistência da Pseudomonas aeruginosa. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada no período de março a julho de 2020. Resultados: Alguns antissépticos utilizados na unidade de emergência, como fenóis sintéticos, compostos quaternários de amônio, clorexidina e polihexametileno biguanida, não possuem boa eficácia contra a bactéria gram-negativa P. aeruginosa, primeira a manifestar fenótipos multirresistentes a muitos antimicrobianos. Conclusão: É cada vez mais crescente o risco da resistência de P. aeruginosa aos antissépticos. Onde a proliferação dessa bactéria na unidade de emergência, pode desencadear um quadro de infecção hospitalar no paciente, com complicações e óbito.

Biografia do Autor

Luiza Gabrielle Tavares dos Santos, Universitário Brasileiro

Graduanda em Biomedicina. Centro Universitário Brasileiro - UNIBRA, Núcleo de Saúde. Recife, Pernambuco, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-6320-6642tavaresluiza568@gmail.com

Maria da Conceição Alexandre Castro, Universitário Maurício de Nassau

Enfermeira, Especialista em Urgência e Emergência. Mestre em Biologia Parasitária. Doutoranda em Medicina Tropical – UFPE. Professora do curso de enfermagem do Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU. Recife, Pernambuco, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4908-4415conceicaoalexandre.enf@hotmail.com.

Downloads

Publicado

30/06/2021

Como Citar

Santos, L. G. T. dos ., & Castro, M. da C. A. (2021). IDENTIFICAÇÃO DO RISCO DA RESISTÊNCIA DE PSEUDOMONAS AERUGINOSA A ANTISSÉPTICOS EM UNIDADES DE EMERGÊNCIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(6), 735–748. https://doi.org/10.51891/rease.v7i6.1429