PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS DA DROGA VEGETAL Punica granatum L

Autores

  • Fabio Junio da Silva Melo Universidade Nove de Julho- São Paulo
  • Camille de la Cruz Lui Universidade Nove de Julho- São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i6.1363

Palavras-chave:

Descritores: Romã Propriedades farmacológicas. Droga vegetal. Fitoterapia.

Resumo

Introdução: A Punica granatum L.também é conhecida popularmente no Brasil como romã, é um arbusto lenhoso pertencente à família Punicaceae. Objetivo: Evidenciar as propriedades farmacológicas da Punica granatum L. e a sua utilização no desenvolvimento de novos fitoterápicos e produtos alimentícios. Metodologia: Revisão bibliográfica de artigos científicos em base de dados Google Acadêmico, Scielo. Revisão da literatura: Os taninos são polifenois que se complexam com macromoléculas, possuem atividade anti-inflamatória, sequestram os radicais livres, melhora a circulação sanguínea, conferindo-lhes ação antioxidante. Os flavonoides possuem ação anti-inflamatória pois inibem a COX2, principal via da inflamação. Considerações Finais: A Romã possui como propriedades farmacológicas, ação anti-inflamatória, antioxidante, antifúngica, antineoplásica. Dentre os medicamento e produtos fitoterápicos a base de romã pode ser desenvolvida cápsulas e sachês de sais efervescentes, pomadas e anestésicos locais, bem como sprays.

Biografia do Autor

Fabio Junio da Silva Melo, Universidade Nove de Julho- São Paulo

 Graduando em Farmácia e Bioquímica, Universidade Nove de Julho (UNINOVE). São Paulo, SP, Brasil.

Camille de la Cruz Lui, Universidade Nove de Julho- São Paulo

Mestre, Professora do curso de Farmácia e Bioquímica, Diretoria de Saúde II, Universidade Nove de Julho (UNINOVE). São Paulo, SP, Brasil. 

Downloads

Publicado

30/06/2021

Como Citar

Melo, F. J. da S., & Lui, C. de la C. (2021). PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS DA DROGA VEGETAL Punica granatum L . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(6), 202–210. https://doi.org/10.51891/rease.v7i6.1363