QUALIDADE DOS SÍMBOLOS NO QUESTIONÁRIO DESIDERATIVO EM RESPOSTAS DE ADOLESCENTES COM DIFERENTES NÍVEIS DE DEPRESSÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i8.11013

Palavras-chave:

Questionário Desiderativo. Símbolos. Adolescência. Depressão. Depressão na Adolescência.

Resumo

O presente trabalho deriva-se da pesquisa de mestrado da autora em parceria, orientação da coautora, e teve como objetivo recorrer ao Questionário Desiderativo para aproximação e compreensão da depressão na população adolescente, por meio da qualidade dos símbolos desiderativos emitidos por jovens que pontuaram para depressão moderada a grave comparados àqueles que não pontuaram, no mesmo instrumento. Foram avaliados 50 adolescentes(n=50), entre 17 e 19 anos de idade, estudantes do Ensino Médio oriundos de duas escolas no estado de São Paulo, Brasil. Os voluntários responderam ao Inventário de Depresão de Beck BDI-II para avaliar possíveis níveis de depressão, e ao Questionário Desiderativo. Abordou-se os resultados por meio de análise quanti-qualitativa. Os dados foram submetidos ao Fischer Exact Test, bem como, apontou-se aspectos psicodinâmicos sob inspiração psicanalítica. Houve diferença estatisticamente significativa (p<0.001) na catexia negativa dos símbolos emitidos no Questionário Desiderativo. O Grupo Controle demonstrou respostas com qualidade original, enquanto o Grupo Clínico tendeu a símbolos convencionais ou comuns; podendo ser indicativo da apatia presente no estado depressivo grave. Aliado ao BDI-II, visto sob o prisma quanti-qualitativo, a investigação  da qualidade dos símbolos desiderativos apresentou-se como promissor na compreensão da depressão em adolescentes.

Biografia do Autor

Rita de Cassia de Souza Sá, Universidade de São Paulo

Mestre em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da USP IP.USP.

 

Leila Salomão de La Plata Cury Tardivo, Universidade de São Paulo

Livre Docente e professora do Instituto de Psicologia da USP IP.USP.

 

Downloads

Publicado

2023-09-15

Como Citar

Sá, R. de C. de S., & Tardivo, L. S. de L. P. C. (2023). QUALIDADE DOS SÍMBOLOS NO QUESTIONÁRIO DESIDERATIVO EM RESPOSTAS DE ADOLESCENTES COM DIFERENTES NÍVEIS DE DEPRESSÃO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(8), 1668–1682. https://doi.org/10.51891/rease.v9i8.11013

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.