A ATUAÇÃO DO FARMACÊUTICO NA ORIENTAÇÃO DO USO DE CONTRACEPTIVOS DE EMERGÊNCIA

Autores

  • Carolina dos Santos Fernandes Universidade Iguaçu
  • Alex Sandro Rodrigues Baiense Universidade Iguaçu

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i4.9709

Palavras-chave:

Pílula do dia seguinte. Contraceptivo de emergência. Anticonceptivo. Atenção farmacêutica. Automedicação.

Resumo

Dentre os métodos contraceptivos medicamentosos comercializados no Brasil, tem-se a contracepção de emergência a conhecida “pílula do dia seguinte” na qual é utilizada para evitar gravidez indesejada. A indicação desse fármaco prevê circunstâncias atípicas como o uso incorreto de outro método contraceptivo e em situações que remetem ao abuso sexual ou estupro. Portanto, o uso indiscriminado pode acarretar problemas para saúde da mulher. Entende-se que a facilidade no acesso a compra deste medicamento possibilita a automedicação o que se torna um problema de saúde pública. Nesse aspecto, a orientação farmacêutica é fundamental para romper com a cultura de automedicar-se indiscriminadamente, evitando, assim, complicações a saúde da mulher decorrentes do uso inadequado deste medicamento.

Biografia do Autor

Carolina dos Santos Fernandes, Universidade Iguaçu

UNIG – Universidade Iguaçu, Graduação em Farmácia, nova Iguaçu, RJ.

Alex Sandro Rodrigues Baiense, Universidade Iguaçu

Orientador. UNIG – Universidade Iguaçu, Graduação em Farmácia, nova Iguaçu, RJ.

Downloads

Publicado

2023-05-22

Como Citar

Fernandes, C. dos S., & Baiense, A. S. R. (2023). A ATUAÇÃO DO FARMACÊUTICO NA ORIENTAÇÃO DO USO DE CONTRACEPTIVOS DE EMERGÊNCIA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(4), 9273–9286. https://doi.org/10.51891/rease.v9i4.9709

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.