EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO BRASILEIRO

Autores

  • Lucilene Quintiliano Alves Universidade Estadual de Feira de Santana

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8075

Palavras-chave:

Educação Inclusiva. Ensino Superior. Pessoa com Deficiência.

Resumo

O presente trabalho objetiva revisar a principal legislação que versa sobre a educação inclusiva no ensino superior público brasileiro. Essa modalidade instaurou-se no Brasil após eventos internacionais que marcaram o âmbito educacional do país, refletindo positivamente no seu ordenamento jurídico. A Constituição Federal de 1988 garante que, todos tem direito a educação, a inclusão permite que as pessoas com deficiência tenham esse direito assegurado. As pessoas com deficiência no Brasil passaram por um período de segregação social que acabou influenciando no setor educacional, onde as mesmas estudavam em lugares separados sem participação social. A inclusão desponta para demostrar que a diversidade é importante e deve ser acolhida, todos devem aprender juntos sem qualquer tipo de discriminação.  Os alunos com deficiência têm direito a uma educação de qualidade.

Biografia do Autor

Lucilene Quintiliano Alves, Universidade Estadual de Feira de Santana

Acadêmica do curso de Bacharelado em Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana.

 

Downloads

Publicado

04/01/2023

Como Citar

Alves, L. Q. . (2023). EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO BRASILEIRO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(12), 768–777. https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8075