INCERTEZAS E EVOLUÇÃO NO TRATAMENTO DA COVID-19: UMA PROSPECÇÃO

Autores

  • Maristella Fernandes Santos Pimenta Centro Universitário do Sudoeste Goiano - Unibras
  • Luciana Arantes Dantas Centro Universitário do Sudoeste Goiano – Unibras

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8045

Palavras-chave:

Fármacos. SARS-CoV-2. Vacina.

Resumo

O mundo vem enfrentando uma pandemia causada pela doença COVID-19, que é uma variação da família do Coronavírus causadora de infecções respiratórias. O trabalho proposto traz um estudo sobre as incertezas e evoluções no tratamento contra esta doença, analisando os fármacos em fase de testes clínicos direcionados aos medicamentos com grau de eficácia satisfatório e insatisfatório. O referencial teórico está vinculado aos artigos científicos no ramo da medicina, laboratórios farmacêuticos e sites científicos. A busca pelos artigos científicos foram a partir do portal Google Acadêmico e as bases de dados do Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Science Direct, entre outras. Na abordagem deste estudo é evidenciado dados epidemiológicos e diagnósticos laboratoriais dos infectados, juntamente com o mapeamento dos fármacos Remdesivir, Dexametasona, Hidroxicloroquina, Lopinavir/Ritonavir (L/R), Umifenovir, Tocilizumab e Molnupiravir. Utilizados durante o processo de cura e abordando as incertezas que permeiam esta enfermidade. Além dos avanços tecnológicos e científicos frente ao diagnóstico, meios de reabilitação pós contaminação com o SARS-Cov-2 é evidenciado o desenvolvimento de novas vacinas aprovadas na prevenção da doença, como a Oxford, Moderna, Pfizer, BioNTech e CoronaVac (Butantan). Ressaltamos que nem um dos fármacos observados exerceram o papel completo individual, porém o tratamento precoce e em pacientes no estágio avançado salvaram vidas quando comparados com pacientes sem o uso de fármacos. Portanto, a imunização em massa está sendo a melhor alternativa em evitar óbitos e possibilita uma maior segurança em nível mundial.

Biografia do Autor

Maristella Fernandes Santos Pimenta, Centro Universitário do Sudoeste Goiano - Unibras

Graduação - Faculdade de Farmácia/Centro Universitário do Sudoeste Goiano - Unibras. 

 

Luciana Arantes Dantas, Centro Universitário do Sudoeste Goiano – Unibras

Doutorado em Biotecnologia e Biodiversidade pela Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Brasil. docente da Faculdade de Farmácia/Centro Universitário do Sudoeste Goiano – Unibras. 

 

Downloads

Publicado

30/12/2022

Como Citar

Pimenta, M. F. S. ., & Dantas, L. A. . (2022). INCERTEZAS E EVOLUÇÃO NO TRATAMENTO DA COVID-19: UMA PROSPECÇÃO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(12), 529–546. https://doi.org/10.51891/rease.v8i12.8045