RELAÇÃO ENTRE O COMPRIMENTO DA BAINHA MITOCONDRIAL DA CAUDA DO ESPERMATOZOIDE, FERTILIDADE E CARACTERÍSTICAS PRODUTIVAS EM TOUROS UTILIZADOS EM INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL

Autores

  • Izabely Pereira Gomes Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU
  • Jair Sábio de Oliveira Junior Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU
  • Eriklis Nogueira Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7392

Palavras-chave:

Peça intermediária, melhoramento genético, DEPs.

Resumo

Sob o ponto de vista reprodutivo, a fertilidade em machos interfere direta e indiretamente na expressão dos índices zootécnicos e deve ser de fácil mensuração e aplicação direta nos rebanhos. O comprimento da peça intermediária do espermatozoide (PI), ocupada pela bainha mitocondrial (BM), é a responsável pela produção de energia do espermatozoide, pois nesta é onde há maior concentração de mitocôndrias. Este trabalho tem como objetivo identificar a relação entre a bainha mitocondrial como marcador de fertilidade e características produtivas de touros da raça nelore, utilizados em IATF. Foram medidas as peças intermediárias de 100 espermatozoides por cada amostra de sêmen, de 30 touros da raça nelore, avaliados pelo programa Geneplus-Embrapa. Além das mensurações da PI, foram analisados os parâmetros seminais das amostras pós descongelamento. A motilidade do TTRL (teste de termorresistência lento) apresentou correlação significativa com o vigor do TTRL e, a peça intermediária apresentou correlação significativa (P<0,05) com as DEPs de: idade ao primeiro parto (IPP); perímetro escrotal (PES); herdabilidade de permanência (HP/stay%); peso ao nascer (PN) e consumo alimentar residual (CAR). Assim, a peça intermediária (PI), mostrou correlações positivas com a qualidade espermática, e com os dados de DEPs (diferenças esperadas na progênie) relacionadas as características produtivas de touros da raça nelore.

Biografia do Autor

Izabely Pereira Gomes, Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU

Graduanda do Curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Maurício de Nassau de Cacoal -UNINASSAU.

Jair Sábio de Oliveira Junior, Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU

Médico Veterinário pela Universidade Estadual de Londrina – UEL, Mestre em Zootecnia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, Profa do Curso de Graduação em Medicina Veterinária do Centro Universitário Maurício de Nassau de Cacoal – UNINASSAU. 

Eriklis Nogueira, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA

Médico Veterinário pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – UFMS, Pós-Doutorado em Reprodução Animal pela Universidade do Missouri – Columbia, Pesquisador do Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal e Gado de Corte, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA. 

Downloads

Publicado

12/11/2022

Como Citar

Gomes, I. P. ., Oliveira Junior, J. S. de, & Nogueira, E. . (2022). RELAÇÃO ENTRE O COMPRIMENTO DA BAINHA MITOCONDRIAL DA CAUDA DO ESPERMATOZOIDE, FERTILIDADE E CARACTERÍSTICAS PRODUTIVAS EM TOUROS UTILIZADOS EM INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 4163–4182. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7392