A ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA EM PACIENTES COM ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA – REVISÃO LITERÁRIA

Autores

  • Micaela Maria de Oliveira Centro Universitário Sudoeste Paulista- UNIFSP
  • Larissa de Oliveira Okama Lopes Centro Universitário Sudoeste Paulista- UNIFSP

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7179

Palavras-chave:

Fisioterapia. Esclerose Lateral Amiotrófica.

Resumo

Introdução: A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença motora neurodegenerativa, caracterizada pela degeneração progressiva que acomete tanto os neurônios motores superiores, localizados no córtex motor e tronco encefálico, quanto os neurônios motores inferiores localizados na medula espinhal. A fisioterapia tem um papel importante para o tratamento, focando na manutenção da funcionalidade e independência do paciente, assim como a prevenção de contraturas e complicações respiratórias, promovendo melhor qualidade de vida a eles. Objetivo: o objetivo desse trabalho foi realizar uma revisão de literatura com levantamento bibliográfico sobre os cuidados e benefícios da fisioterapia em pacientes com ELA, atribuindo melhora das queixas e sintomas, funcionalidade e qualidade de vida, mostrando também a percepção desses pacientes em relação ao tratamento fisioterapêutico. Metodologia: O presente estudo tratou-se de uma revisão literária realizada nas bases específicas, com artigos nos idiomas português e inglês. Como critério de inclusão foram utilizados artigos publicados nos últimos oito anos, que abordavam sobre a atuação da fisioterapia em pacientes portadores de ELA e a visão desses pacientes sobre o efeito da fisioterapia na melhora de suas queixas principais e qualidade de vida. Artigos com mais de oito anos de publicação, estudos de revisão literária/sistemática e artigos fora do tema proposto, foram excluídos do estudo. Resultado: A busca nas bases de dados resultou no total de 132 artigos, que foram submetidos a uma análise e seleção dos títulos e resumos, totalizando ao final 7 trabalhos para a inclusão no estudo. Conclusão: Conclui-se que o papel da fisioterapia na ELA é de extrema importância para os pacientes, age diretamente na redução dos sintomas, alívio da dor, melhora das disfunções motoras e respiratórias, proporcionando adaptação dos pacientes em suas limitações, bem como a estimulação para preservar o que ainda é preservado, promovendo bem-estar, conforto e uma melhor qualidade de vida.

Biografia do Autor

Micaela Maria de Oliveira, Centro Universitário Sudoeste Paulista- UNIFSP

Graduanda do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário Sudoeste Paulista, UNIFSP, Avaré- SP; E-mail: micaelamdeoliveira@gmail.com.

Larissa de Oliveira Okama Lopes, Centro Universitário Sudoeste Paulista- UNIFSP

Docente do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário Sudoeste Paulista, UNIFSP, Avaré- SP.

Downloads

Publicado

31/10/2022

Como Citar

Oliveira, M. M. de ., & Lopes, L. de O. O. . (2022). A ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA EM PACIENTES COM ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA – REVISÃO LITERÁRIA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 782–797. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7179