COMO O TABAGISMO PODE INFLUENCIAR NA SAÚDE BUCAL, DOENÇA PERIODONTAL E CÂNCER BUCAL

Autores

  • Maria Leticia Fontanelli Universidade Brasil
  • Luciana Estevam Simonato Universidade Brasil

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7170

Palavras-chave:

Tabaco. Câncer. Doença peridontal.

Resumo

O uso crônico do tabaco tem sido considerado fator de risco para diversas doenças bucais, dentre as principais o câncer bucal, a doença periodontal, halitose e manchas nos dentes. O tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável em todo o mundo. O principal objetivo deste trabalho é apresentar os malefícios causados pelo tabaco na cavidade bucal, avaliar a ação do fumo nos tecidos periodontais,e o desenvolvimento do câncer pois aumenta o risco relativo em sete a dez vezes em comparação com um indivíduo não fumante. É de suma importância a eliminação dessa pratica para a melhoria da saúde bucal, orientar o paciente sobre os riscos de contrair doenças através do fumo, por meio do diálogo com o paciente e também de campanhas anti-fumo. As bases de dados utilizadas foram Scielo, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e Google Acadêmico. Concluiu-se que a prevenção ao câncer bucal está diretamente relacionada com a conscientização das populações, quanto aos malefícios causados pelo cigarro. Todo profissional deve aconselhar seus pacientes a adotarem práticas saudáveis e a procurarem diagnóstico de lesões para tratamento precoce, ajudando o controle dessas doenças.

Biografia do Autor

Maria Leticia Fontanelli, Universidade Brasil

Graduanda do curso em odontologia, Universidade Brasil, Campus Fernandopolis. E-mail: mah.fontanelli12@gmail.com

Luciana Estevam Simonato, Universidade Brasil

Professora do curso em odontologia, Universidade Brasil, Campus Fernandopolis.

Downloads

Publicado

31/10/2022

Como Citar

Fontanelli, M. L. ., & Simonato, L. E. . (2022). COMO O TABAGISMO PODE INFLUENCIAR NA SAÚDE BUCAL, DOENÇA PERIODONTAL E CÂNCER BUCAL. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(10), 938–945. https://doi.org/10.51891/rease.v8i10.7170

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)