ESTIMATIVA DE VIGOR HÍBRIDO EM ESTATURA NA POPULAÇÃO RESIDENTE NO MUNICIPIO DO CAZENGA

Autores

  • Jose Andre Barroso Universidade Agostinho Neto- ANGOLA

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i8.6715

Palavras-chave:

Vigor. Híbrido. Genético. Cazenga. Castatura. Centímetros.

Resumo

O presente trabalho foi realizado com objectivo de estimar o vigor híbrido na população residente no município do Cazenga em indivíduos entre os dezoito e vinte e três anos re a escolha do local foi devido a uma observação directa da população existente naquela região, usamos especificamente a administração municipal como centro da recolha de dados, visto que por ela há grande frequência de indivíduos provenientes das diferentes regiões do município em questão. A recolha de dados efectuou-se utilizando as informações do bilhete de identidade de cada indivíduo e em muitos casos usamos uma fita métrica para a estimativa de estatura daqueles indivíduos que durante a recolha de dados não encontravam-se identificados. Notou-se maior dificuldade na recolha de dados dos progenitores juntamente com os respectivos descendentes e vice-versa, em muitas ocasiões tivemos que dirigir-nos a residência de ambos para a complementação dos dados. A amostra total foi de 696 indivíduos, destes 462 eram progenitores sendo 231 para o género feminino e o mesmo número para o género masculino, e os restantes 231eram híbridos. Usou-se parâmetros estatísticos para estimar o vigor híbrido como a média, variância, coeficiente de variação, desvio padrão, e a curva de distribuição normal. Utilizamos também testes genéticos como a diversidade genética de Nei, e o Teste de equilíbrio de Hardy e Weinberg e Herdabilidade. Verificou-se que do período de 1960 -2018 os homens no município do Cazenga cresceram em média 3,4 centímetros passando de 169, 5 centímetros para 172,8 centímetros, enquanto as mulheres cresceram em média 1,3 cm passando de 166 centímetros para 167,9 centímetros. Em geral a média da nova geração evoluiu de 168,0763 centímetros para 170, 4277 centímetros, devido a um aumento de vigor médio de 2,351431 centímetros.

Biografia do Autor

Jose Andre Barroso, Universidade Agostinho Neto- ANGOLA

Estudante finalista do Curso de Biologia da Faculdade de ciências da Universidade Agostinho Neto

Downloads

Publicado

08/09/2022

Como Citar

Barroso, J. A. . (2022). ESTIMATIVA DE VIGOR HÍBRIDO EM ESTATURA NA POPULAÇÃO RESIDENTE NO MUNICIPIO DO CAZENGA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(8), 1276–1288. https://doi.org/10.51891/rease.v8i8.6715