AS BRINCADEIRAS NO ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

  • Joanilde da Silva Faculdade das Águas Emendadas – FAE
  • Joelma Auxiliadora Soares do Prado Associação Varzeagradense de Ensino e Cultura – AVEC
  • Katiúscia Cristina Costa Marques Universidade de Cuiabá – UNIC
  • Laura Yule de Alencar Alcântara Faculdade – FAIPE
  • Marilene Maria Schnorr Faculdades das águas Emendadas – FAE
  • Silmara Francisca Gondim Faculdade Integradas de Cuiabá – FIC

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i8.6694

Palavras-chave:

Escola. Desenvolvimento. Brincadeira. Alfabetização.

Resumo

Este artigo busca refletir sobre a contribuição do brincar para o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças. Dentro de uma análise do porquê as crianças na primeira infância precisam de brinquedos, jogos e brincadeiras em seu dia a dia para tornar as salas de aula mais agradáveis, estimular as habilidades de raciocínio das crianças e promover o aprendizado para todos. Utilizar os jogos como recurso escolar é utilizar a própria motivação da criança para tornar o aprendizado mais atrativo. No entanto, os ambientes escolares têm encontrado dificuldades para impedir o uso de recursos de jogos como facilitadores da aprendizagem. Para isso, este artigo utilizará construtores teóricos, como Vygotsky (1994) (1991), Brougere (2001), Kishimito (1999), Oliveira (2002), Maluf (2003).

Biografia do Autor

Joanilde da Silva, Faculdade das Águas Emendadas – FAE

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato-Grosso – UFMT, Especialista em Educação Infantil e Especial pela Faculdade das Águas Emendadas – FAE.

Joelma Auxiliadora Soares do Prado, Associação Varzeagradense de Ensino e Cultura – AVEC

Graduada em Pedagogia pelas Faculdades Integradas Mato-Grossenses de Ciências Sociais e Humanas, Especialista em Educação Infantil e Alfabetização pela Associação Varzeagradense de Ensino e Cultura – AVEC.

Katiúscia Cristina Costa Marques, Universidade de Cuiabá – UNIC

Graduada em Pedagogia Séries Iniciais pela Universidade de Cuiabá – UNIC, Especialista em Educação Especial –  AEE.

Laura Yule de Alencar Alcântara, Faculdade – FAIPE

Graduada em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, Especialista em Educação Aplicada ao Transtorno do Espectro Autista pela Faculdade – FAIPE.

Marilene Maria Schnorr, Faculdades das águas Emendadas – FAE

Graduada em Pedagogia pela Faculdade Luterana no Brasil – ULBRA, Especialista em Psicopedagogia pela Faculdades das águas Emendadas – FAE.

Silmara Francisca Gondim, Faculdade Integradas de Cuiabá – FIC

Graduada em Pedagogia pela Faculdade Afirmativo, Especialista em Educação Especial AEE pela Faculdade Integradas de Cuiabá – FIC.

Downloads

Publicado

02/08/2022

Como Citar

Silva, J. da ., Prado, J. A. S. do ., Marques, K. C. C. ., Alcântara, L. Y. de A. ., Schnorr, M. M. ., & Gondim, S. F. . (2022). AS BRINCADEIRAS NO ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(8), 1204–1214. https://doi.org/10.51891/rease.v8i8.6694

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.