MARKETING COMO FATOR DE SUCESSO NO PLANEJAMENTO DA INTERNACIONALIZAÇÃO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS BRASILEIROS

Autores

  • Luzia Corsini Dejavite Must University- USA
  • Luciana Magalhães de Rezende Uzae Universidade Federal de Uberlândia- UFU

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i7.6281

Palavras-chave:

Comércio Internacional. Marketing. Pequenos Negócios. Inovação. Estratégia.

Resumo

Este artigo demonstra a relevância do marketing no processo de internacionalização dos pequenos negócios do Brasil, composto pelas microempresas, microempreendedores individuais e empresas de pequeno porte. O aumento desse fenômeno, dentro de um contexto mundial, está associado a modificações econômicas, científicas e tecnológicas que caracterizaram o final do século XX, cujo desempenho corroborou para a urgência de um novo modelo de desenvolvimento, onde o principal diferencial competitivo está na capacidade de buscar continuamente conhecimento e inovação, considerando as forças que regem a economia. A mundialização de uma organização envolve desde a exportação de produtos e serviços até a identificação das melhores estratégias de marketing. O presente trabalho visa abordar a importância da utilização do marketing no plano de inclusão dos pequenos empreendimentos do Brasil no comercio internacional, através de pesquisa bibliográfica.

Biografia do Autor

Luzia Corsini Dejavite, Must University- USA

Mestranda em Administração pela Must University . Especialista em Gestão de Negócios e Controladoria. Graduada em Ciências Econômicas. Licenciatura Plena em Administração. E-mail: ludejavite123@gmail.com.

Luciana Magalhães de Rezende Uzae, Universidade Federal de Uberlândia- UFU

Graduação em Ciências Contábeis — Universidade Federal de Uberlândia.

Downloads

Publicado

30/07/2022

Como Citar

Dejavite, L. C. ., & Uzae, L. M. de R. . (2022). MARKETING COMO FATOR DE SUCESSO NO PLANEJAMENTO DA INTERNACIONALIZAÇÃO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS BRASILEIROS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(7), 193–200. https://doi.org/10.51891/rease.v8i7.6281