ESTUDOS SOBRE A RELAÇÃO ENTRE PERIODONTITE E O CANCÊR BUCAL

Autores

  • Thauany Gomes Fernandes Universidade Brasil
  • Marina Módulo Universidade Brasil

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5606

Palavras-chave:

Periodontite. Câncer bucal.

Resumo

O câncer bucal representa um problema de saúde pública mundial classificado como o sexto tipo de câncer mais comum. Apresenta índices de mortalidade em cinco anos preocupantes nas últimas décadas. Estima-se que aproximadamente 15% dos canceres bucais tenham causa desconhecida. Estudos publicados recentemente têm sugerido que a doença periodontal pode representar um risco aumentado para o desenvolvimento de câncer bucal. Entretanto, o impacto da doença periodontal sobre a patogênese do câncer bucal in vivo é quase inexistente na literatura. Esta tese avaliou, através de dois artigos, a relação entre a doença periodontal e o câncer bucal. O primeiro artigo da presente tese trata de uma revisão de estudos epidemiológicos sobre a associação da doença periodontal e câncer bucal, assim como estudos atuais a respeito de mecanismos biológicos. Os estudos epidemiológicos na sua maioria apontam a periodontite como um fator de risco independente para o câncer bucal após ajustes estatísticos para diferentes fatores confudindores, como o fumo. Os estudos biológicos tem na sua grande maioria a Porphyromonas gingivalis como agente etiológico para a doença periodontal e estaria envolvida em várias etapas de carcinogênese bucal como a proliferação, migração e invasão celular, assim como a metástase

Biografia do Autor

Thauany Gomes Fernandes, Universidade Brasil

Universidade Brasil.Curso De Graduação Em Odontologia - Campus Fernandópolis. E-mail: thaahgomes14@gmail.com

Marina Módulo, Universidade Brasil

Orientadora. Universidade Brasil.

 

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Fernandes, T. G. ., & Módulo, M. . (2022). ESTUDOS SOBRE A RELAÇÃO ENTRE PERIODONTITE E O CANCÊR BUCAL. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 1953–1962. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5606