IMPACTO DIGITAL: DIABETES MELLITUS, TRATAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS

Autores

  • Felipe Fernandes de Meira Lima Universidade de Vassouras
  • Sebastião Jorge da Cunha Gonçalves Universidade de Vassouras

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5593

Palavras-chave:

Diabetes Mellitus. Educação em saúde. Complicações do Diabetes.

Resumo

Diabetes é uma síndrome metabólica que acontece pela falta de insulina e/ou pela incapacidade da insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue.As complicações mais comuns são: doenças cardiovasculares, nefropatia diabética, pé diabético e retinopatia diabética. O tratamento e o controle dependem diretamente da adesão do portador e envolvem medidas farmacológicas e não farmacológicas associadas. O objetivo é identificar como as mensagens de texto e videoconferência podem ter um papel importante na adesão do paciente ao tratamento como também ajudam a prevenir complicações. Para confecção deste trabalho foram encontrados 512 artigos, destes artigos, foram colocados filtros e sobraram 128 artigos, os quais foram escolhidos 25 artigos relevantes para fazer o trabalho. Trata-se de uma revisão qualitativa da literatura sobre o DM e a adesão ao tratamento, abordando os impactos da era digital e suas implicações na qualidade de vida devido um controle glicêmico mais rigoroso, durante a assistência por meios da era digital e   pode fazer parte do tratamento coadjuvante do diabetes e aumentando o autocuidado nos pacientes.

Biografia do Autor

Felipe Fernandes de Meira Lima, Universidade de Vassouras

Discente do Curso de Medicina da Universidade de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil. E-mail: felipechanty@hotmail.com

Sebastião Jorge da Cunha Gonçalves, Universidade de Vassouras

Universidade de Vassouras

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Lima, F. F. de M. ., & Gonçalves, S. J. da C. . (2022). IMPACTO DIGITAL: DIABETES MELLITUS, TRATAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 1835–1844. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5593