PRECAUÇÕES BASEADAS NA TRANSMISSÃO – PARA UMA ENFERMAGEM PROMOTORA DA SEGURANÇA DO DOENTE CRÍTICO

Autores

  • Rita Ramos Pereira Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo
  • José Luis Miranda Barriga Rosa Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo
  • Maria Dulce Santos Santiago Instituto Politécnico de Beja

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5460

Palavras-chave:

Segurança do paciente. Infeção hospitalar. Controlo de infeção. Enfermagem. Serviço de Urgência.

Resumo

Introdução: A Organização Mundial de Saúde considera as infeções associadas aos cuidados de saúde um verdadeiro problema de saúde pública, com impacto crescente à escala mundial. As Precauções Dependentes das Vias de Transmissão são reconhecidas como uma medida de excelência, constituindo-se os serviços de urgência locais fulcrais para a sua implementação, com vista à promoção da segurança do doente. Objetivo: Pretendeu-se incrementar o seu cumprimento, junto dos enfermeiros de um serviço de urgência, com recurso a estratégias formativas. Métodos: Desenvolvemos um estudo exploratório-descritivo durante 9 semanas, nas quais foram realizadas 2 sessões formativas, envolvendo um total de 30 enfermeiros. Resultados: Numa primeira observação (pré-formação), a avaliação média foi de 32%, tendo posteriormente subido para os 75%, com todos os enfermeiros a melhorar o seu desempenho. Globalmente verificámos uma melhoria de 43% no cumprimento das medidas referentes a cada via de transmissão. Discussão: Os resultados obtidos revelam que os enfermeiros demonstram inconformidades na implementação das precauções baseadas na transmissão, durante a prestação de cuidados. As estratégias de cariz formativo, adaptadas às necessidades reais de cada contexto, conduzem ao desenvolvimento de boas práticas. Conclusão: As medidas preventivas de controlo de infeção devem ser cumpridas em todos os contextos do sistema de saúde, incluindo o serviço de urgência, com incremento da segurança do paciente. Os enfermeiros são elementos cruciais na liderança de projetos de melhoria contínua da qualidade.

Biografia do Autor

Rita Ramos Pereira, Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo

Mestre, Serviço de Urgência da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo. E-mail: rita_rpereira@hotmail.com

José Luis Miranda Barriga Rosa, Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo

Mestre. Serviço de Urgência da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo. E-mail: jl.barrigarosa@gmail.com

Maria Dulce Santos Santiago, Instituto Politécnico de Beja

Professora Doutora. Escola Superior de Saúde, Instituto Politécnico de Beja. E-mail: dulce.santiago@ipbeja.pt

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Pereira, R. R. ., Rosa, J. L. M. B. ., & Santiago, M. D. S. . (2022). PRECAUÇÕES BASEADAS NA TRANSMISSÃO – PARA UMA ENFERMAGEM PROMOTORA DA SEGURANÇA DO DOENTE CRÍTICO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 123–140. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5460