A IMPORTÂNCIA DO FISIOTERAPEUTA NO TRATAMENTO DO ESPORÃO DE CALCÂNEO

Autores

  • Luana de Freitas Azevedo Faculdade Unibras de Goiás
  • Leonardo Squinello Nogueira Veneziano Faculdade Unibras de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5330

Palavras-chave:

Esporão de calcâneo. Fisioterapia. Tratamento.

Resumo

 A calcificação ao redor do calcâneo, maior osso do pé, é chamada de esporão de calcâneo, que decorre de inflamação crônica na parte inferior do calcanhar. O esporão de calcâneo se assemelha a uma espora de galo, por isso ganhou esse nominativo. Os pacientes com essa protuberância óssea reclamam de dor no calcanhar sentida logo ao acordar ou ao caminhar. Homens esportistas, especialmente os que praticam corrida, e mulheres na pré-menopausa ou com obesidade estão mais suscetíveis ao esporão. O diagnóstico da calcificação é realizado por radiografia e, em sua prevenção e tratamento, o fisioterapeuta é de extrema importância. Além disso, calçados ou palmilhas ortopédicas são eficazes para diminuir o impacto no calcanhar. Como tratamento, são realizados alongamentos, mobilização articular, contração excêntrica, liberação miofascial, ultrassom, laser infravermelho de baixa intensidade, além de acupuntura e crioterapia. Tudo isso tem o propósito de amenizar o quadro álgico. E quanto mais cedo o tratamento for feito, melhor será o prognóstico do paciente. Por outro lado, a busca tardia por fisioterapia tende a ocasionar uma menor qualidade de vida, sendo necessário, em alguns casos, tratamento cirúrgico.

Biografia do Autor

Luana de Freitas Azevedo, Faculdade Unibras de Goiás

Acadêmica do Curso de Fisioterapia da Faculdade Unibras de Goiás. E-mail: luanaazevedo6672@gmail.com.

Leonardo Squinello Nogueira Veneziano, Faculdade Unibras de Goiás

Professor do Curso de Fisioterapia da Faculdade Unibras de Goiás e orientador da pesquisa. E-mail: leonardo.veneziano@unibras.digital.

Downloads

Publicado

31/05/2022

Como Citar

Azevedo, L. de F. ., & Veneziano, L. S. N. . (2022). A IMPORTÂNCIA DO FISIOTERAPEUTA NO TRATAMENTO DO ESPORÃO DE CALCÂNEO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(5), 1033–1042. https://doi.org/10.51891/rease.v8i5.5330

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)